FELIZ 2012!!!!!!!!!

"Que a graça de Deus esteja com você e o abrace em cada dia do novo ano" FELIZ 2012!!!!

 
Já estamos nas primeiras horas de 2012 ( segundo a Biblia o dia começa de um por do sol a outro por do sol). O que este nos reserva não sabemos. Todavia, "Todos nós precisamos de um guia, que nos dirija através das muitas perplexidades da vida, assim como o marinheiro precisa de um piloto que guie a nau entre os bancos de areia ou nos rios cheios de recifes; e onde se encontrará semelhante guia? Apontamo-vos,... A Bíblia". Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 96.
 
Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz, para o meu caminho. Sal. 119:105.

Deus nos deu Sua Palavra como uma lâmpada para os nossos pés e uma luz para o nosso caminho. Seus ensinos têm vital importância para nossa prosperidade em todas as relações da vida. Mesmo em nossos negócios temporais ela será guia mais sábio que qualquer outro conselheiro. ...

A Bíblia é a grande norma do direito e do erro, definindo claramente o pecado e a santidade. Seus princípios vivos, atravessando nossa vida como fios de ouro, são nossa única salvaguarda na prova e na tentação. A Bíblia é um mapa, indicando-nos os marcos da verdade. Os que se acham relacionados com esse mapa, estarão habilitados a trilhar com segurança a senda do dever, aonde quer que sejam chamados. Review and Herald, 11 de junho de 1908. Ao perder a fé na Palavra de Deus, a mente não tem guia, nem salvaguarda. Os jovens são levados a caminhos que desviam de Deus e da vida eterna.

A esta causa pode, em elevado grau, ser atribuída a iniqüidade difundida no mundo hoje em dia. Quando a Palavra de Deus é posta de lado, é rejeitado também seu poder de refrear as paixões pecaminosas do coração natural. Parábolas de Jesus, pág. 41.

Quando a Palavra de Deus se torna nosso conselheiro, quando examinamos as Escrituras em busca de luz, anjos celestes se aproximam para impressionar o espírito e iluminar o entendimento, de modo que se possa em verdade dizer: "A exposição das Tuas Palavras dá luz e dá entendimento aos símplices." Sal. 119:130. ...

A Palavra de Deus é luz e verdade - lâmpada para os pés e luz para o caminho. Ela pode guiar em cada passo em direção à cidade de Deus. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, págs. 442 e 461.

Que neste ano que se inicia voce e eu busquemos na Palavra de Deus (Biblia) todos os dias a direção para nossa vida.

Chegou o Santo Sábado

"Que nas próximas 24h vc tenha um vislumbre das delícias da eternidade" Daniel Lüdtke


A Oração


" A Oração é a resposta para cada problema da vida. Ela nos põe em sintonia com a sabedoria divina, a qual sabe como ajustar cada coisa perfeitamente. Às vezes, deixamos de orar em certas circunstâncias porque, a nosso ver, a situação é sem esperança. Mas nada é impossível com Deus. Nada é tão emaranhado que não possa ser remediado, nenhuma relação humana é tão tensa que Deus não possa trazê-la à reconciliação e à compreensão; nenhum hábito é tão profundamente enraizado que não possa ser vencido; ninguém é tão fraco que Ele não possa tornar forte. Ninguém é tão doente que Ele não possa curar. Nenhuma mente é tão obscura que Ele não possa tornar brilhante. Se alguma coisa nos causa preocupação ou ansiedade, paremos de propagá-la e confiemos em Deus por restauração, amor e poder" Review and Herald, 7 de outubro de 1865

As Surpresas de Deus


Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto. Tiago 1:17

Com a chegada desta época do ano, nossos pensamentos se voltam com frequência para os presentes que desejamos adquirir para as pessoas especiais em nossa lista de Natal. Conservamos os olhos bem abertos em cada loja em que entramos, para o caso de localizarmos o presente certo. Dar presentes é um modo de expressar nosso amor. Embora, geralmente, demos presentes apenas em ocasiões especiais, Deus está sempre, o ano todo, nos dando presentes que mostram Seu amor por nós. Ao olhar pela janela, vejo belas folhas coloridas à luz do Sol. Ouço aves cantando e vejo minha neta brincando no quintal. Apenas alguns dos presentes de Deus para mim.

Lembro-me de um presente muito especial, que foi, na verdade, um milagre. A festa natalina anual das mulheres é o ponto alto do ano para as irmãs da nossa igreja. Quando nos reunimos na casa de Melanie, cada uma de nós leva algum quitute especial para a refeição. Depois de comer, reunimo-nos para trocar os presentes.

Como líder das mulheres, sei que geralmente é necessário ter um presente extra, ou dois, para garantir que todas recebam uma lembrança. Assim, naquele ano, eu levei dois presentes a mais. Quando começamos o processo de abrir os presentes, percebi que precisaria deles. Fui rapidamente buscá-los e os coloquei sob a árvore. Quando os dois presentes foram entregues e abertos, vi como cada um era perfeito. O primeiro, um estojo com artigos para o banho e o corpo, foi alegremente recebido por uma garota adolescente.

O segundo era um bibelô de animais da floresta, dizendo: “Sentirei sua falta”. Quando Tânia recebeu esse presente, soube que era especial porque ela se mudaria para outra cidade e deixaria a família da igreja para trás. E sentiu que essa era a nossa mensagem para ela. Certamente Deus colocou aquele presente especial nas mãos dela, naquela noite!

Sentimo-nos humildes ao pensar em como Deus escolhe usar cada uma de nós em Seu serviço. Se permitimos, Ele nos ajuda a tornar a vida mais fácil para os outros, ao longo da estrada da vida. Enquanto vivemos nossa vida agitada, precisamos ter sempre em mente que Deus planeja usar-nos. Devemos estar prontas para providenciar uma das surpresas de Deus.

Escrito por Sharon Follett - Meditação da Mulher - CPB

Operação Chuva Global, 4-14 de janeiro de 2012




Quem acessa a internet poderá assistir e fazer download de vídeos abordando o tema do dia.


Para cada dia haverá um motivo especial de oração:

04/01 – Intercessão pelo derramamento do Espírito Santo – Hebreus 10:22

05/01 – Entrega pessoal – Tiago 1:6

06/01 – Arrependimento sincero – Daniel 9:4-6

07/01 – Confissão – I João 1:9

08/01 – Amor pelos perdidos – João 17:20 e 21

09/01 – Exame pessoal – problemas com familiares ou membros da igreja – Salmos 51

10/01 – Ajuda financeira para a obra de Deus – Filipenses 2:5-9

11/01 – Obediência – maturidade em Cristo – Romanos 12:1 e 2

12/01 – Ação de graças – cura dos doentes – Filipenses 4:4-6

13/01 – Testemunho apaixonado – missão para o mundo – Romanos 1:16 e 17

Veja algumas dicas:

■Peça a Deus para preparar o seu coração para essa experiência de 10 dias de oração.

■Forme um grupo de oração. Convide uma ou mais pessoas para acompanhá-lo, ou peça ao pastor de sua igreja para divulgar essa atividade para toda a igreja.

■Escolha um horário conveniente para que as pessoas que você convidou possam participar com você.

■Separem uma hora por dia para orar, se possível.

■Comecem e terminem o momento de oração em grupo com louvores e agradecimentos.

■Façam orações de frases curtas para que cada pessoa possa orar mais de uma vez e para permitir ao Espírito Santo impressioná-lo como orar.

■Passem mais tempo efetivamente orando em grupo do que apresentando pedidos de oração.

■Separe tempo pessoal, particular com Deus, além do tempo de oração em grupo.

■Pense em adotar algum tipo de jejum, como o de TV, música secular, filmes, Internet, ou sobremesas.

■Use o tempo extra para orar e ler a Bíblia.

■Peça a Deus para Se revelar a você.

■Peça ao pastor de sua igreja para promover os 10 dias de oração na igreja local através de testemunhos de como Deus operou como resultado das orações em grupo.

■Nos cultos de Sábado durante os 10 dias dêem um destaque especial a oração.

■Peça a Deus para mostrar-lhe cinco pessoas por quem orar durante os 10 dias.

http://www.reavivamentoereforma.com/

Orações Poderosas


Orem continuamente. Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. 1 Tessalonicenses 5:17, 18

Muitos de nós já escutamos a história de George Müller, um dos modernos heróis da fé no século 19. Ele foi fundador de um grande orfanato que, durante 60 anos, cuidou de mais de 10.000 órfãos. Müller era daqueles que se mantêm orando mesmo que a resposta pareça demorar.

E Deus abençoou de maneira surpreendente e miraculosa a seu orfanato, providenciando aquilo que ele necessitava, fosse em forma de dinheiro ou alimento.

Numa noite não havia alimento no orfanato para o desjejum das crianças. Mas, às três da manhã, o padeiro o chamou e disse: “Não estou conseguindo dormir. Vou agora mesmo para a padaria para fazer pão. Posso levar alguns para vocês nesta manhã?”

Outra vez aconteceu que um caminhão de leite quebrou bem em frente ao orfanato justamente no dia em que eles não tinham mais leite. O motorista do caminhão disse: “O leite vai estragar. Vocês gostariam de ficar com ele?”

Certa ocasião, Müller tinha o compromisso de pregar em Quebec. No convés do navio no qual ia viajar, ele informou ao capitão que precisava estar em Quebec no sábado à tarde. Veja como o próprio capitão relata a história:

“É impossível”, eu disse. “O senhor sabe quão densa está a neblina?”

“Não”, ele respondeu, “meus olhos não estão na densidade da neblina, mas em Deus que controla cada circunstância da vida. Nunca deixei de cumprir um compromisso em 57 anos. Vamos à cabine de comando para orar.”

Ele se ajoelhou e fez uma oração simples. Quando eu ia orar, ele pôs a mão em meu ombro e disse que eu não precisava orar. “Como você não crê que Ele vai responder e eu creio que Ele vai, não é preciso que você ore”. E acrescentou: “Capitão, conheço meu Senhor há 57 anos e não há um simples dia em que eu não tenha conseguido uma audiência com meu Deus. O senhor pode abrir a porta e verá que não há mais nevoeiro.” O nevoeiro tinha desaparecido e ele cumpriu seu compromisso no sábado.

Vez após vez, e 30 mil vezes em 60 anos, Deus respondeu às orações de George Müller. Hoje, faz bem refletir sobre este texto:

“As maiores vitórias [...] do cristão em particular [...] são as vitórias ganhas na sala de audiência de Deus, quando uma fé cheia de ardor e agonia lança mão do braço forte da oração” (Ellen G. White, Patriarcas e Profetas, p. 203).

Fonte: CPB


Abre Meus Olhos – 3


E Eliseu orou: “Senhor, abre os olhos dele para que veja.” 2 Reis 6:17

Qual dos cinco sentidos você valoriza mais? Qual deles você não gostaria de perder de jeito nenhum? Uma das coisas mais sensacionais que Deus criou foi o olho humano. A capacidade de ver e diferenciar tamanhos e cores, formas, rostos, lugares e tudo o que Deus criou, é realmente espetacular. Em sua estrutura, o olho tem 127 milhões de células que são elementos visuais que recebem a luz e transmitem mensagens ao cérebro. Sob condições perfeitas, o olho humano pode detectar a luz de uma vela a 25 quilômetros de distância.

Temos olhos, podemos enxergar, mas precisamos pedir a Deus que nos dê visão e que Ele nos mostre muito mais do que aquilo que sonhamos.

Quando Deus abriu os olhos do jovem, ele viu mais do que podia imaginar que era possível. Ele viu o invisível.

Nessa linha de raciocínio, existe a capacidade de ver e a habilidade de ver. E elas são diferentes. Em muitos lugares, há pessoas que veem, mas não têm visão. A visão de Deus faz com que você enxergue aquilo que os outros não enxergam.

O estudante da escola dos profetas tinha a capacidade de ver. O profeta tinha a habilidade de ver, por isso ele percebeu o que outros olhos não perceberam. O rapaz via o presente. O profeta via a promessa de Deus, o futuro. O rapaz via o que estava acontecendo. O profeta via o que ia acontecer. Para o rapaz, a situação era de difícil solução. O profeta, por sua vez, sabia quem estava do seu lado e o potencial a seu favor. A palavra do rapaz foi: “O que faremos?” (v. 15). A palavra do profeta foi: “Abra os olhos.”

John Naisbit diz: “Essa capacidade inerente para escolher, para desenvolver nova visão para nós mesmos, para reescrever nossa vida, para começar um novo hábito ou abandonar um velho hábito, de perdoar alguém, de pedir desculpas, de fazer uma promessa e guardá-la, em qualquer área da vida é, sempre tem sido e sempre será um momento de verdade para cada verdadeiro líder” (O Líder do Futuro, p. 159).

Diante dos desafios, pode ser que vejamos dias difíceis. Talvez estejamos cercados de circunstâncias desanimadoras. É a hora de se dirigir ao Senhor dos Exércitos. Entrar em seu quarto ou se fechar em seu escritório e falar para Deus: “Senhor, Tu conheces os desafios e problemas que estou enfrentando. Ajuda-me, por favor.” Deus vai abrir seus olhos e mostrar os recursos que estão à sua disposição.

Fonte: Meditações Diárias CPB

Abre Meus Olhos – 2


Não tenha medo. Aqueles que estão conosco são mais numerosos do que eles. 2 Reis 6:16

Konrad Adenauer dizia que “todos vivemos sob o mesmo teto, mas nem todos têm o mesmo horizonte”. É um bom pensamento para mostrar a diferença entre Eliseu e o rapaz que o acompanhava. Diante do cerco do exército da Síria para capturar o profeta Eliseu, vemos em duas situações o mesmo jovem estudante da escola dos profetas. Quando ele olhou pela primeira vez, viu cavalos de verdade, de carne e sangue, e os carros de ferro. Quando olhou pela segunda vez, viu muito mais cavalos e carruagens de fogo do que aqueles que estavam com o inimigo.

Nossa tendência é imitar Eliseu ou o ajudante dele? Parece que, como seres humanos, olhamos primeiro para a escuridão, para os cavalos do inimigo e seus carros de guerra. Vemos dias duros e difíceis pela frente. Começamos a olhar para nós mesmos como incapazes e sem forças. Aumentamos e em muito o tamanho dos nossos problemas. Transformamos uma pequena pedra em uma montanha.

Podemos enxergar bem, mas se não tivermos visão, vamos ver apenas dificuldades, não soluções. Este era o problema do jovem: enxergava, mas não tinha visão. Se nesta luta entre as forças do bem e do mal nossos olhos pudessem ser abertos, veríamos o exército de Deus, que nunca perdeu uma batalha, pronto para ajudar e proteger Seu povo. Deus é maior e mais poderoso do que todos os exércitos de homens e forças do mal.

Por maior que seja seu problema, não se aflija. Eliseu percebeu o que outros olhos não perceberam. Apesar de não vermos esses recursos, a verdadeira visão nos fará capazes de ver que eles são reais, que estão à nossa disposição. Como dizem, “temos de enxergar a realidade por trás da realidade”.

Com certeza, podemos exclamar como Davi, no seu salmo de ação de graças: “Se o Senhor não estivesse do nosso lado quando os inimigos nos atacaram, eles já nos teriam engolido vivos, quando se enfureceram contra nós; as águas nos teriam arrastado e as torrentes nos teriam afogado; sim, as águas violentas nos teriam afogado! Bendito seja o Senhor, que não nos entregou para sermos dilacerados pelos dentes deles. Como um pássaro escapamos da armadilha do caçador; a armadilha foi quebrada, e nós escapamos. O nosso socorro está no nome do Senhor, que fez os Céus e a Terra” (Salmo 124:2-8).

Fonte: Meditações Diárias Clique Aqui

Abre Meus Olhos – parte 1


Então ele exclamou: “[...] O que faremos?” 2 Reis 6:15

Ben Hadade, rei da Síria, tinha uma sanha mortal contra Israel. Queria riscar do mapa a nação israelita. O rei de Israel, por sua vez, recebia recados do profeta Eliseu sobre os planos do rei inimigo. A situação chegou a tal ponto que Ben Hadade afirmou: “Não é possível! Deve haver um informante!” Reuniu-se com os oficiais e capitães, queixando-se com eles sobre a situação: “Alguém dos nossos está levando para conhecimento do rei de Israel informação sobre as decisões que tomamos.” Mas um dos oficiais disse: “Majestade, não é bem assim. O que acontece é que o profeta Eliseu tem um sistema de informações superior ao da melhor agência, e sabe até as palavras que o senhor fala no seu quarto.”

Logo depois, a imprensa do palácio imprimiu um grande cartaz com a fotografia do profeta e os dizeres “Procura-se”, para ser colocado em todas as esquinas e praças dos mercados de Israel. Assim, o primeiro a ser capturado não devia ser o rei de Israel, mas o profeta Eliseu.

O rei da Síria recebeu informações de que o profeta Eliseu estava na cidade de Dotã. Marchou para lá à noite e cercou a cidade. Uma verdadeira operação de segurança máxima foi montada, com aparato bélico e movimentação mais intensa do que a transferência de um traficante de um presídio a outro, como fazem hoje.

O rapaz que estava com Eliseu – possivelmente aluno da escola de profetas –, quando se levantou pela manhã e deu uma olhada pela janela, o que viu? A silhueta da montanha era outra. Havia no horizonte uma tropa com cavalos e carros de guerra.

O moço correu apressadamente para o profeta, imaginando: “Agora quero ver o que ele vai dizer!” E contou o que estava acontecendo.

O profeta respondeu com segurança: “Não precisa ter medo. Aqueles que estão conosco são mais numerosos do que eles.”

O rapaz olhou para o profeta e perguntou a si mesmo: “Será que ele escutou? Ou será que ele entendeu outra coisa? Somos somente nós dois. Como podemos ser mais do que eles?”

Alguns vivem abaixo da linha da pobreza espiritual, porque não têm noção de todo o poder que está à sua disposição para enfrentar as dificuldades. Deus chama cada crente a dizer como Paulo: “Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos” (2Co 5:7).

“Abre meus olhos, eu quero ver Cristo; / Eu quero tocá-Lo, dizer que O amo. / Abre os ouvidos, eu quero ouvi-Lo; / Abre meus olhos, eu quero ver Cristo.”

Fonte: Meditações Diárias - 2011 Clique Aqui

HOMENAGEM A UMA AMIGA ESPECIAL - CELINA

No mês de novembro - 2011, o Blog VIVER  da nossa querida Celina, fez 2 aninhos. E ela homenageou todas as amigas que acompanham o seu blog.

Celina querida amiga. Uma mulher espetacular. Uma mulher cristã que além de se preocupar com a salvação dos seus queridos familiares, ela também se preocupa com todas as pessoas que precisam de palavras de conforto, de incentivo, de amor. O blog Viver é um lugar onde voce vai encontrar tudo isso. Tenho certeza que Deus está sendo honrado e engradecido com seu blog.

Querida amiga continue buscando sabedoria do Senhor para falar do amor maravilhoso que Deus tem por nós através do seu blog. Segundo a ordem do Mestre: Ide e pregai o evangelho de boas novas.

Um xeroooooooo nesse coração bondoso.


Obrigada Celina querida por sua amizade.

Vencendo Obstáculos

Eu lhes asseguro que se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, poderão dizer a este monte: “Vá daqui para lá”, e ele irá. Mateus 17:20

A maratona nas Olimpíadas de 2004 em Atenas foi especial, porque cada maratonista faria o mesmo percurso realizado há 2.500 anos pelo primeiro maratonista, Fidípedes. Na maratona do século 21, Vanderlei Cordeiro de Lima, nosso maratonista, estava entre os competidores. Quase no fim da corrida, surgiu um “obstáculo”: Vanderlei foi atropelado por um invasor que o empurrou para fora do percurso. O brasileiro estava para conseguir o que nenhum outro conterrâneo tinha conseguido: medalha de ouro numa maratona olímpica. Apesar do incidente, e mesmo sem receber o ouro, Vanderlei se sentia campeão. “Sonhei que ia terminar entre os três primeiros. Esse resultado é a realização de um sonho.”

Há duas maneiras pelas quais podemos encarar um obstáculo. Uma pelo lado do medo, e a outra pelo lado da fé.

“Os obstáculos são as coisas que vemos com facilidade quando tiramos os olhos do alvo”, disse Henry Ford. Precisamos olhar para o poder de Deus, e não para os obstáculos, e aprender a ver os obstáculos como oportunidades. Mesmo uma pequena quantidade de fé pode remover obstáculos e trazer grandes resultados.

Está sem emprego? Peça para que Deus o dirija ao trabalho certo. Se o obstáculo entre você e o estudo é a mensalidade, acredite que Deus vai ajudá-lo a conseguir o dinheiro no devido tempo. Se você é jovem e um dos obstáculos para que sua vida seja melhor com seus pais é a boa comunicação, peça para que Deus o ajude a se tornar mais acessível e aproximar-se deles.

A fé, mesmo pequena, quando vê um obstáculo, não dá meia-volta ou toma o caminho mais longo; ela remove o obstáculo.

Outro texto poderoso que nos dá a certeza de que Deus quer tirar do nosso caminho qualquer obstáculo, é o do profeta Isaías: “O Senhor abre os portões, e ninguém pode fechá-los de novo. [...] ‘Eu irei na sua frente e aplainarei as montanhas; arrebentarei portões de bronze e quebrarei as suas trancas de ferro. Eu lhe darei tesouros escondidos’” (Is 45:1-3, NTLH).

É possível que você identifique um grande obstáculo na sua vida agora. Mas seja o que for, Deus vai ajudá-lo a tirar esse empecilho do caminho. Hoje, recite as bonitas palavras da música cantada por Ronaldo Arco: “Então prossiga para o seu ideal, / E vá lutando pra alcançá-lo afinal. / Tudo é possível, pois este Deus de amor / Move as montanhas, se preciso for.”

Fonte: Meditações Diárias - 2011 Clique Aqui

Ele Vai Te Alcançar

Hoje no dia do Senhor, é o único dia que voce pode sentir como era o Éden antes do pecado. O Sábado é o único dia que faz realmente voce ter um dia com Deus, sem se preocupar com os problemas e preocupações da vida. Mas se voce se senti longe desse Deus Maravilhoso e acha que não tem esperança de senti-Lo novamente, então escute essa música e sinta seu coração mais perto do Pai Celestial. Segue abaixo a letra da música para voce acompanhar.

Se voce precisa de oração, deixe seu pedido de oração no comentário e nós oraremos por voce.



"você não sabe o que eu passei
Nem tão longe eu andei"
Ele disse quase a chorar.
"eu me afastei demais e não posso mais voltar;
Sua graça não vai mais me alcançar.
Olha,eu só quero saber até onde ele irá
Pra perdoar-me apesar do que eu sou."
E eu disse:

Ele te ama e vai te alcançar;
Ele não tem limites pra te perdoar.
Sua graça é maior do que se pode imaginar
E ele vai até onde você precisar;
Cristo vai te alcançar.

Seu amor é paciente,ele vai continuar;
E fará o impossível pra você.
Você pensa não ter nada pra poder oferecer,
Mas pra ele não importa o que passou.
E se você quiser saber até onde ele irá
Pra perdoar você em tudo o que errou.
Então eu digo:
Ele te ama e vai te alcançar;
Ele não tem limites pra te perdoar.
Sua graça é maior do que se pode imaginar
E ele vai até onde você precisar.
Cristo alcança.

Então não desista,siga lutando,
Ele pode te trazer de volta ao lar.
Volte ao lar.

Ele te ama e vai te alcançar;
Ele não tem limites pra te perdoar.
Sua graça é maior do que se pode imaginar
E ele vai até onde você precisar;
Vai até onde você precisar
Cristo vai te alcançar.



Saúde e espiritualidade 1


Muitas pessoas questionam, outras não têm a menor ideia da relevância dos princípios de saúde diante do grande conflito cósmico. Por muitos anos perdurou a ideia de que a saúde é um benefício opcional para o cristão. E que, de modo algum está ligada com a espiritualidade. Até hoje, em alguns casos, quando essa íntima relação entre saúde e espiritualidade é mencionada levanta-se objeções das mais diversas e, às vezes, o apresentador é acusado de estar fazendo papel de juiz. Então são pronunciadas frases do tipo: “uma coisa não tem a ver com a outra.” ou “só Deus conhece o coração das pessoas”.

Talvez você já tenha se deparado com frases como essas. De fato, o papel de julgar o irmão não nos pertence. No entanto, falar de um tema revelado por Deus não se trata de nenhum julgamento. Quando o profeta Jeremias denunciava os erros de Israel e anunciava uma destruição futura, ele não estava fazendo papel de juiz, e sim pregando a verdade presente para aquele tempo, mesmo que fosse inconveniente.

Se todo cristão tivesse plena consciência da grandeza do amor de Deus e de Sua infinita sabedoria, jamais questionaria qualquer preceito ou mandato contido em Sua Palavra, e todos se esforçariam ao máximo para fazer tudo o que Deus diz em Sua Palavra, pois entenderiam que, se foi o Deus Todo-poderoso quem disse, então deve ser bom! Assim, não teríamos que “argumentar” a favor de nenhum preceito, apenas apresentá-lo. Contudo, sabemos que essa não é a realidade para a maioria dos cristãos; não por desconsiderarem a Bíblia como Palavra de Deus, mas por torná-la sem efeito por meio de ideais humanas. Que cristão discordaria que é seu dever acolher o desabrigado? (Isaías 58:7; Mateus 25:35). Mas quantos realmente fazem isso? Não fazem porque não creem na Bíblia? Ou porque racionalizam que hoje em dia é muito perigoso levar um estranho para dentro de casa?  É possível perceber a neutralização do preceito por meio de ideias humanas?

O mesmo ocorre com a saúde, ou reforma de saúde. A Bíblia claramente nos diz que o nosso corpo é templo do Espírito Santo e que fomos comprados por preço, portanto, devemos glorificar a Deus em nosso corpo, tanto no comer como no beber. (1 Coríntios 3:16,17; 6:19,20; 10:31). Isso já é o suficiente para motivar-nos a fazer o melhor possível para nos mantermos saudáveis, pois nem sequer nos pertencemos a nós mesmos, pois Cristo nos comprou com Seu sangue. E, se Ele nos comprou, foi porque nos ama. Além de nos amar Ele é Deus supremo, portanto ouvi-Lo é nossa melhor opção.

O fato de Deus nos amar é inquestionável. A pergunta que devemos fazer é se realmente O amamos. Como sabemos, o amor não é um mero sentimento, é um princípio eterno; o amor é o próprio Deus (1 João 4:7,8). Isto é, o amor é demonstrável, tanto quanto um experimento científico em um laboratório. Deus demonstrou esse amor, dando Seu Filho para morrer em nosso lugar, é esse amor que chamamos de graça. E você? Como demonstra seu amor por Ele? Será que você toma alguns de Seus preceitos como uma exigência ou como um cuidado especial por você? Será que você anula o preceito divino dizendo que salvação é por graça e não por obras, quando na verdade ao rejeitar Seus conselhos você está, também, rejeitando Seu amor por você? Pense nisso!

Por Klinger Lurentt


5 lições de vida - Quarta lição - "Todo obstáculo contem uma oportunidade para melhorarmos nossa condiçao".


4°Caso - Não importam os obstáculos... Siga sempre... Nada segura quem quer vencer e obter sucesso. 
Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra enorme no meio de uma estrada. Entao, ele se escondeu e ficou observando para ver se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra.

Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele nao mantinha as estradas limpas mas nenhum deles tentou sequer mover a pedra dali. De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a rocha dali. Após muita força e suor, ele finalmente conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Ele, entao, voltou a pegar a sua carga de vegetais mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra.

A bolsa continha muitas moedas de ouro e uma nota escrita pelo rei que dizia que o ouro era para a pessoa que tivesse removido a pedra do caminho. O camponês aprendeu o que muitos de nós nunca entendeu:

"Todo obstáculo contem uma oportunidade para melhorarmos nossa condiçao".

Quarta Lição

Muitas vezes nos desviamos do nosso caminho para não encarar a realidade pela sua dificuldade e com isso não só passamos o problema para outros por não termos assumido a nossa parte na responsabilidade, como também, podemos estar nos privando de muitas coisas boas, no mínimo a satisfação de ter realizado um gran de feito.

As Três Chamas do AMOR

Cada Deus tem nos ensinado através de Sua Palavra o Amor verdadeiro...Este video é simplesmente perfeito. A todos um maravilhoso dia!

5 lições de vida - Terceira lição - Pessoas pacientes não julgam

3°Caso: Paciência é uma virtude que deve ser alcançada e cultivada.

Numa época em que um sorvete custava muito menos do que Hoje, um menino de 10 anos entrou num coffee shop de um hotel e sentou a uma mesa.

Uma garçonete colocou um copo de água na frente dele. "Quanto custa um sundae?" ele perguntou. "50 centavos" - respondeu a garçonete. O menino puxou as moedas do bolso e começou a contá-la. "Bem, quanto custa o sorvete simples?" ele perguntou. A essa altura, mais pessoas estavam esperando por uma mesa e a garçonete perdendo a paciência. "35 centavos" - respondeu ela, de maneira brusca. O menino, mais uma vez, contou as moedas e disse: "eu vou querer, então, o sorvete simples".

A garçonete trouxe o sorvete simples, a conta, colocou na mesa e saiu. O menino acabou o sorvete, pagou no caixa a conta e saiu. Quando a garçonete voltou, ela começou a chorar a medida que ia limpando a mesa pois ali, do lado do prato, tinham duas moedas de 5 centavos e cinco moedas de 1 centavo - ou seja, veja bem, o menino não pode pedir o sundae porque ele queria que sobrasse a gorjeta da garçonete.

Terceira Lição

Não feche os olhos para as pequenas coisas do dia a dia, não as ignore, porque voce pode está deixando uma grande oportuinidade passar sem perceber e esta oportunidade pode ser aquela justamente iria mudar sua vida.

Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas; melhor é o paciente de espírito do que o altivo de espírito. Eclesiastes 7.8

5 lições de vida - Segunda lição - Pequenos atos e gestos

Eartha Kitt Nat King Cole_1958

2° Caso: Pequenos atos ou gestos podem fazer a diferença... e voce será o mais beneficiado.

Na chuva, numa noite, estava uma senhora negra, americana do lado de uma estrada no estado do Alabama enfrentando um tremendo temporal. O carro dela tinha enguiçado e ela precisava, desesperadamente, de uma carona. Completamente molhada, ela começou a acenar para os carros que passavam. Um jovem branco, parecendo que nao tinha conhecimento dos acontecimentos e conflitos dos anos 60, parou para ajuda-la.

O rapaz a colocou em um lugar protegido,procurou ajuda mecânica e chamou um táxi para ela. Ela parecia estar realmente com muita pressa mas conseguiu anotar o endereço dele e agradecê-lo. Sete dias se passaram quando bateram a porta da casa do rapaz. Para a surpresa dele, uma enorme TV colorida com o console e tudo estava sendo entregue na casa dele com um bilhete junto que dizia: "Muito obrigada por me ajudar na estrada naquela noite.

A chuva nao só tinha encharcado minhas roupas como também meu espírito. Aí, você apareceu. Por sua causa eu consegui chegar ao leito de morte do meu marido antes que ele falecesse. Deus o abençoe por ter me ajudado . Sinceramente, Mrs. Nat King Cole"

Segunda Lição

Pequenos atos ou gestos podem fazer a diferença que falta para termos um mundo melhor... seja voce esta diferença.

"Não saiba a tua mão esquerda o que faz a direita" (Mt 6,3)

5 lições de vida - Primeira lição


1º Caso: Como o simples ato de saber o nome do outro, pode mudar vidas

Durante meu primeiro ano na faculdade, nosso professor nos deu um questionário.

Eu era bom aluno e respondi rápido todas as questões até chegar a última que era: Qual o primeiro nome da mulher que faz a limpeza da escola?

Sinceramente, isso parecia uma piada. Eu já tinha visto a tal mulher varias vezes. Ela era alta, cabelo escuro, lá pelos seus 50 anos, mas como eu ia saber o primeiro nome dela?

Entreguei meu teste deixando essa questão em branco e um pouco antes da aula terminar, um aluno perguntou se a ultima pergunta do teste ia contar na nota. É claro!, respondeu o professor. Na sua carreira, você encontrará muitas pessoas. Todas têm seu grau de importância. Elas merecem sua atenção mesmo que seja com um simples sorriso ou um simples alô.

Eu nunca mais esqueci essa lição e também acabei aprendendo que o primeiro nome dela era Dorothy.

Primeira lição:

Você pode ser importante, porque todas as pessoas são importantes perante Deus, mas jamais se esqueça que o respeito ao próximo e o valor que você da aos humildes é determinante para dizer quem você realmente é, e, que todos são dignos de consideração e apreço.

"Jesus mostrava um amorável interesse por todos. Tentava ajudar a qualquer pessoa que encontrava. Não tinha muito dinheiro para dar, mas freqüentemente deixava de Se alimentar para poder ajudar os outros". Vida de Jesus, p. 38

Quem é o meu próximo?


Amor: a Base da Lei

Tais ensinamentos eram estranhos e novos para os ouvintes de Jesus e por isso, Ele os repetiu muitas vezes. Certa vez, um doutor da lei veio à Sua presença e Lhe perguntou: "Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo." Luc. 10:25-27. Em vez de arrepender-se, porém, buscou uma escusa para seu egoísmo. "Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?" Luc. 10:29.

Sacerdotes e rabinos, com freqüência, discutiam sobre esse assunto. Não consideravam os pobres e os ignorantes como seu próximo e nem lhes dispensava bondade. Jesus não participou de suas discussões, mas respondeu com uma história que havia acontecido há algum tempo.

Certo homem, disse Ele, descia de Jerusalém para Jericó. O caminho era íngreme e pedregoso, através de uma região deserta e agreste. No meio da viagem foi assaltado por ladrões e despojado de tudo o que levava. Bateram nele e deixaram-no ferido e quase morto.

Enquanto ali estava, desceram pela mesma estrada primeiro um sacerdote e depois um levita do templo de Jerusalém, mas ao invés de ajudá-lo passaram pelo outro lado do caminho, ignorando-o.

Esses homens haviam sido escolhidos para ministrar no templo de Deus e deveriam ser como o Senhor a quem serviam, cheio de bondade e misericórdia, mas seus corações eram frios e insensíveis.

Depois de certo tempo, um samaritano se aproximou. Os samaritanos eram desprezados e odiados pelos judeus. Aos que pertenciam a esse povo, nada recebiam dos judeus, nem mesmo água para beber ou um pedaço de pão. Mas o samaritano não parou para pensar nisso. Nem mesmo cogitou que os assaltantes ainda poderiam estar por perto espreitando o caminho.

Ali jazia o pobre homem, sangrando e quase morto. O samaritano tirou sua túnica e nela envolveu o ferido.

Deu-lhe seu próprio vinho e tratou seus ferimentos com azeite. Depois colocou-o sobre o animal e levou-o a uma hospedaria, onde cuidou dele a noite toda.

No dia seguinte, antes de partir, pagou ao hospedeiro para que cuidasse dele até que se recuperasse. Assim narrou o fato; depois, voltando-se para o doutor da lei, perguntou-lhe: "Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores?" O doutor respondeu: "O que usou de misericórdia para com ele." Disse-lhe então Jesus: "Vai e procede tu de igual modo." Luc. 10:36 e 37.

Assim Jesus ensinou que qualquer pessoa que precisar de ajuda é nosso próximo. Devemos tratá-lo como gostaríamos de ser tratados.

O sacerdote e o levita pretendiam guardar os mandamentos de Deus, mas era o samaritano que realmente os guardava. Seu coração era terno e compassivo.

Ao socorrer o estranho ferido, ele havia demonstrado amor a Deus e ao próximo. É agradável ao Senhor que façamos o bem uns aos outros,pois assim demonstramos nosso amor a Ele e àqueles que nos cercam.

Um coração bondoso e compassivo vale mais do que todas as riquezas do mundo. Os que vivem para fazer o bem mostram que são filhos de Deus. Esses são os que habitarão com Cristo em Seu reino.

Fonte: Livro Vida de Jesus - Ellen White

Timidez versus Coragem


Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio. 2 Timóteo 1:7

Muitos foram desafiados em alguma fase da vida, e se esconderam dos desafios. Saul, depois de ter sido indicado por Deus para ser o rei de Israel, se encolheu e se escondeu. Recebeu a nomeação com timidez e insegurança. Na hora de assumir a liderança, Saul disse: “Eu sou o menor da minha família, e a minha família é uma das mais insignificantes da tribo.” Temia a crítica daqueles que o conheciam. Churchill dizia: “A única maneira de evitar a crítica é não dizer nada, não fazer nada e não ser ninguém.”

De quem você está se escondendo? De que desafio está procurando escapar? Quantas vezes você já teve a resposta na ponta da língua e teve medo de falar? Quando o professor perguntava: “Entenderam?”, você costumava ficar quieto ou pedia para o professor repetir a explicação?

Muitas pessoas já confessaram que passaram por um momento de timidez. É uma fase passageira, natural quando tudo é novo e ainda não sabemos como agir. Depois, com o tempo, nos habituamos a fazer com tranquilidade o que antes nos causava desconforto.

O tímido faz de tudo para não ser percebido. Entretanto, a coragem é uma espécie de faísca que incendeia todas as demais virtudes. Precisamos dela não só para enfrentar o perigo, mas também para ser bondosos e leais. Precisamos de coragem para guardar silêncio. Precisamos dela em todos os lugares. Paulo disse: “Deus me deu coragem.” Muitas vezes, os grandes atos de coragem não aparecem em TV, jornais, revistas ou no YouTube. Às vezes, ninguém está presente para aplaudir. Acontece nas ruas, em casa e está na cruz que se carrega a cada dia.

Quando Paulo escreveu essa última epístola, estava sob o olhar de soldados que tinham ao lado uma espada. O apóstolo sabia o que o aguardava, mas não houve de sua parte o mínimo de hesitação: “Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder.”

Você precisa de coragem quando é jovem e quando é adulto. A mãe precisa dela em casa, e o pai precisa dela no trabalho. Você precisa de coragem para ser puro e para ser paciente. Você precisa de coragem para não dizer nada. O que distinguiu muitos heróis não foi a diversidade de talentos, mas a coragem.

Difícil Demais Para Deus?


Levanta do pó o necessitado e do monte de cinzas ergue o pobre; Ele os faz sentar-se com príncipes e lhes dá lugar de honra. Pois os alicerces da terra são do Senhor; sobre eles estabeleceu o mundo. 1 Samuel 2:8, NVI

Ser estudante em busca de educação, mas sem assistência financeira, era um grande desafio. Uma semana antes do início do semestre de outono, eu não tinha ideia de onde viria o dinheiro para a matrícula. Quanto mais pensava no assunto, mais ansiosa eu ficava. Voltei-me para a oração e o jejum.

Depois de apresentar minhas súplicas a Deus por três dias, tive a ideia de pesquisar organizações que concedem bolsas de estudo. Embarquei no trem, de Filadélfia para a cidade de Nova York. O Instituto Afro-Americano recusou meu pedido de bolsa, mas me ofereceu uma refeição. Muito consciente das minhas prioridades, rejeitei o oferecimento. A seguir, fui às Nações Unidas, mas também se recusaram a atender-me. Por fim, 15 minutos antes do encerramento do expediente, entrei no escritório do diretor do Concílio Mundial das Igrejas; eles também me negaram auxílio. Desesperada e persistentemente, expliquei meu caso. De repente, a secretária pegou seu talão e preencheu um cheque com a metade do valor de que eu precisava e pressionou o diretor a completar a quantia. Surpreendentemente, foi o que ele fez!

Uma semana depois, de modo inesperado, recebi uma comunicação das Nações Unidas, informando que me haviam concedido uma bolsa. Como eu não havia preenchido nenhuma solicitação lá, não entendi como aquilo pôde ter acontecido. A bolsa cobriria qualquer valor dos estudos, em qualquer universidade dos Estados Unidos ou do Canadá! Fiquei literalmente entorpecida diante da realidade de um milagre como aquele. Pensei em Sara, que riu quando Deus lhe disse que ela geraria um filho. Então, de súbito, entendi: meu único e poderoso Deus havia provado que para Ele não existe nada que seja difícil demais! Deus continuou a me suprir miraculosamente as necessidades ao longo das minhas ocupações acadêmicas e profissionais, dali para a frente. Na pós-graduação, recebi uma bolsa completa; no programa de doutorado, trabalhar 24 horas por semana me deu o direito a uma cobertura de despesas em tempo integral.

Sejam quais forem as tormentas que você esteja enfrentando, busque a Deus, pois Ele é capaz de resolvê-las.
Ruth H. Nyachuru-Muze
Meditação da Mulher 2011

Estamos no Trem Errado!


Este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre; Ele será nosso guia até à morte. Salmo 48:14

Meu esposo e eu estávamos em férias na cidade de Nova York, na casa de amigos, no Brooklyn. Isso significava que precisávamos tomar o metrô até Manhattan, para nossas atividades lá. Um dia, tínhamos passado nosso tempo fazendo compras em Manhattan. Cansados, mas felizes, dirigimo-nos à estação para voltar ao Brooklyn. Quando descemos para o metrô, vimos que um trem chegava. Hesitamos por um breve momento apenas, ao concluir que estávamos do lado certo da plataforma. Na cidade de Nova York, você precisa saber se vai para o centro ou para os bairros, e estar do lado correto da plataforma a fim de pegar o trem certo.

Embarcamos rapidamente. Assim que nos sentamos, meus olhos começaram a procurar o mapa do metrô, afixado em cada vagão. Quando encontrei a parada em que estávamos, olhei os nomes das outras. Nenhuma parecia conhecida. Já havíamos passado por uma parada. Cochichei ao meu esposo: – Estamos no trem errado!

– Vamos desembarcar na próxima parada – respondeu ele. Assim, na parada seguinte, desembarcamos, fomos para o outro lado e tomamos o trem correto para o Brooklyn. Desta vez, o mapa era familiar. Uma vez no trem certo, pudemos relaxar e desfrutar o passeio.

Alguma vez você já achou que estivesse na direção certa, só para descobrir que não estava? Infelizmente, isso acontece bastante na jornada cristã. Não nos lembramos de pedir orientação ao nosso Guia, Jesus. Dependemos de que outros confirmem aquilo que julgamos saber. Seja qual for o seu caso, você precisa apenas reconhecer quando Deus lhe fala. Depois de ler o mapa, eu sabia que não estávamos na direção certa. Embora não more em Nova York, não precisei de alguém que me dissesse isso. Teria sido tolice continuar no trem errado.

Amiga, quando você lê o mapa cristão, a Bíblia, e percebe que está no trem errado em sua jornada cristã, pare! Depois, desembarque! Peça a direção de Jesus e prossiga. Poderá, então, relaxar e desfrutar a viagem, sabendo que acabará em seu destino eterno.

Escrito por Dana M. Bean
Meditação da Mulher 2011

A Oração de uma Criança


E disse: “Eu vos asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos Céus.” Mateus 18:3, NVI

Enquanto meu esposo, nossas duas filhas e eu viajávamos por uma estrada não asfaltada na região sudeste do Brasil, sabíamos que em pouco tempo não haveria mais luz do Sol. Nossa família retornava para casa, após visitar parentes e amigos. Vínhamos alegremente cantando os cânticos favoritos de nossas filhas, quando, de súbito, o sistema elétrico do carro desligou. Nada funcionava. Estávamos parados numa estrada com bem pouco tráfego, a uns 40 quilômetros de casa. Não havia casas por perto, e meu esposo tentou consertar o problema – sem sucesso.

Sentindo-nos incapazes, e totalmente dependentes da assistência divina, oramos. Ah, como oramos! A noite chegava e, com ela, os mosquitos. Vendo que não havia forma de resolver o problema, meu esposo sugeriu que, quando passasse o primeiro carro, minhas filhas e eu pedíssemos carona até a cidade em que morávamos. Lá, eu devia ir em busca de ajuda para ele. “Nós não vamos! Não vamos deixar você sozinho. Se necessário, passaremos a noite dentro do carro, mas vamos ficar juntos”, eu disse. Vendo minha determinação, quando o primeiro carro parou, meu esposo mandou uma mensagem ao seu irmão, pedindo auxílio. Seu irmão receberia o recado? E oramos um pouco mais.

Então, nossa filha de quatro anos, Regiane, disse: “Papai! Espere! Eu vou orar agora. E nós vamos sair.” Ela deu alguns passos fora da estrada e, de pé em meio a uma vegetação que era quase tão alta quanto ela, orou silenciosamente. Não sei o que ela disse naqueles poucos segundos, mas, quando retornou, disse ao seu pai: “Ligue o carro. Vamos embora!”

Meu esposo, que havia tentado ligar o carro inúmeras vezes, fez o que sua pequenina filha mandava. Para nossa surpresa e alegria, o carro funcionou normalmente. Continuamos a viagem e chegamos com segurança à nossa casa. E aquele problema nunca precisou de nenhum conserto do mecânico.

Deus ouve nossas orações! Senhor, graças Te dou por nos guiares e ensinares que devemos ser puros e confiantes como as crianças, em todas as situações.

Por Eny Ruella Silva
Meditação da Mulher 2011

Voce está se preparando para ver o Rei dos Reis?


Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. Mateus 24:42

A ideia de um incêndio começando em casa e ficando fora de controle me enche o coração de medo, assim como um desastre nacional em que a possibilidade de um incêndio assoma no horizonte. Medidas têm sido tomadas por muitas organizações, a fim de preparar as pessoas sob sua responsabilidade para o caso de que ocorra um incêndio. Assim como acontece nesses treinamentos, acontece no preparo para a vida. Vamos à escola para adquirir educação, conhecimento e habilidade; andamos nas pegadas de nossos antecessores para pavimentar o caminho das relações interpessoais, e assim encontramos o rumo para a maturidade.

No caso de um suposto incêndio, um exercício de treinamento e outras precauções necessárias diminuem a possibilidade de danos e ajudam as pessoas a saber o que fazer. Nossas decisões e escolhas já praticadas nos ajudarão muito nessas emergências.

Tive uma experiência pessoal com esse tipo de treinamento. Ouviu-se o alarme ao longo dos corredores e as moças correram para esvaziar o dormitório. Havíamos sido avisadas, de modo que todas estávamos alerta. Chegara a hora do treinamento e os bombeiros estavam entrando no prédio. Lamentável é que, embora tivessem sido avisadas, algumas pessoas não se prepararam. Algumas correram para pegar objetos que haviam deixado para trás; outras andaram de um lado para outro, como baratas tontas. As moças sob meus cuidados tiveram que aprender como reagir num momento de crise. Infelizmente, nem todas se interessaram, não fizeram questão de participar do que estava acontecendo, e viram aquilo como perda de tempo. A presença da preceptora fez a diferença, e num instante estavam todas fora do prédio e dentro da designada área de segurança. Objetivo atingido, mas não sem comoção e nervosismo.

O treinamento para o caso de incêndio é uma experiência e um exemplo concreto dos dias atuais, e, como ocorre no exercício, somos avisadas cada dia sobre a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e deveríamos estar preparadas o tempo todo. É um preparo individual, que trata das questões do coração.

Que nosso Pai celeste nos ajude a conhecer Sua voz e a responder quando Ele chama, a fim de que estejamos preparadas para um evento tão importante.


Escrito por Elizabeth Ida Cain
Fonte: Meditação da Mulher - 2011(27/09/2011)

A ÁGUIA REAL


Vos levei sobre asas de águias; A tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado (Êxodo 19:4; Romanos 5:3-5).

A águia real geralmente vive nas regiões montanhosas da Europa, África do Norte, Ásia e América do Norte. Seu corpo mede cerca de um metro e a envergadura de suas asas varia entre dois e três metros. A águia passa muito tempo planando, aproveitando as correntes de ar quente. Se uma tormenta a surpreende em pleno vôo, o perigo é grande, pois o vento poderia lhe quebrar as asas, mas ela se orienta de tal forma que evita isso. Então o vento a eleva, até regiões mais calmas.

Cristãos, quando a tempestade quiser arruinar nossa vida, façamos como a águia, abramos as asas da fé para nos aproximarmos do céu (Hebreus 4:16). “O caminho da águia no ar” é uma coisa maravilhosa (Provérbios 30:19). Evoca o caminho da fé que se eleva acima das dificuldades a fim de encontrar a força em Deus; caminho de submissão ao nosso Pai e de confiança em Seu amor.

Não se trata de fugirmos das situações que nos fazem sofrer, mas de buscarmos ao Senhor nessas mesmas circunstâncias, orientando-nos até Seu amor. Muitos pensam que nossa fé cresceria melhor em terrenos favoráveis, sem provas nem sofrimentos. Mas não é assim. As dificuldades despertam em nós a percepção de nossa fraqueza; isso ajuda a nos aproximarmos de Deus.



Eu pintei um arco-íris
Numa folha de papel
Mas Deus criou o firmamento
E as estrelas pôs no céu

Fiz um barco de brinquedo
Pra brincar com meu irmão
Mas Deus mediu o oceano
Só com a concha de Sua mão

Um Deus assim
Sabe o que eu preciso também

Os que esperam no Senhor
Voam com asas como a águia
Correm sem nunca se cansar
E vão mais além

Tentei fazer a minha história
Mas cansado percebi
Que Deus correu sempre ao meu lado
E me deu forças quando eu caí

Um Deus assim
Sabe o que eu preciso também

Os que esperam no Senhor
Voam com asas como a águia
Correm sem nunca se cansar
E vão mais além

Será que o mundo já não sabe
Que só há força em Jesus
O que mais será preciso
Além do sangue
Além da cruz

Os que esperam no Senhor
Voam com asas como a águia
Correm sem nunca se cansar
E vão mais além (2X)

Os que esperam no Senhor
Vão mais além...

A Armadilha da Concessão Cultural


Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste(Daniel 3:17-18).

Os versículos acima relatam um fato ocorrido no século VI a.C. Três jovens judeus foram deportados para a Babilônia. Ali, o rei Nabucodonosor quis lhes inculcar a cultura idólatra. Quando uma imensa estátua foi inaugurada, ele ordenou que no momento em que ressoasse toda a classe de instrumentos musicais, cada um tinha de se prostrar e adorar a estátua. Os três judeus, fiéis ao Deus deles, se recusaram a fazer isso. E foram denunciados e conduzidos à presença do rei. Este exigiu obediência, ameaçando jogá-los na fornalha. Os jovens responderam com convicção que preferiam morrer a adorar o ídolo. Imediatamente o rei cumpriu sua ameaça. Mas o Senhor interveio para libertá-los.

Por trás do rei estava Satanás, que procurava persuadir esses judeus piedosos, usando a tática da concessão: não faz mal algum crer em Deus e ao mesmo tempo servir ídolos. Orar a Deus de manhã e depois consultar horóscopos, ou passar o dia inteiro se ocupando apenas com as coisas deste mundo. Que contradições loucas!

Ao fazer tais concessões, se pode conservar o status social, prosperar nos negócios, porém a força do testemunho cristão é destruída. A paz na consciência também. É impossível servir ao Senhor e fazer qualquer tipo de concessão a este mundo inimigo de Deus. O apóstolo Tiago já advertia: “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4:4).

Nota: No livro Profetas e Reis,págs 503 a 513, conta esta história magnifica de obediência ao Deus verdadeiro.Segue o link http://www.ellenwhitebooks.com/?l=3&p=503

Queridos Jovens talvez ir ao cinema, estádio de futebol, uma festinha inocente pode não ser nada demais aparentemente, mas poderá te levar a adorar ao outro"deus" (satanás) por trás disso. Se todas essas coisas  tiver te tirando a motivação da leitura da bíblia e da oração, então, voces não estão adorando o verdadeiro Deus. Pense nisso. Voces tem um céu a ganhar.

Deus está na janela e sabe de tudo!


E disse-lhe: Os teus pecados te são perdoados. Lucas 7.48

Havia dois irmãos que visitavam seus avós no sítio, nas férias.

Felipe, o menino, ganhou um estilingue para brincar no mato. Praticava sempre, mas nunca conseguia acertar o alvo.

Certa tarde viu o pato de estimação da vovó... Em um impulso atirou e acabou acertando o pato na cabeça e o matou.

Ele ficou chocado e triste!

Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio da madeira!

Beatriz, a sua irmã viu tudo, mas não disse nada aos avós.

Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: "Beatriz, vamos lavar a louça"

Mas ela disse: "Vovó, o Filipe me disse que queria ajudar na cozinha".

E olhando para ele sussurrou:"Lembra do pato?"Então o Felipe lavou os pratos.

Mais tarde o vovô perguntou se as crianças queriam pescar e a vovó disse:

"Desculpe, mas eu preciso que a Beatriz me ajude a fazer o jantar."

Beatriz apenas sorriu e disse, "Está bem, mas o Felipe me disse que queria ajudar hoje", e sussurrou novamente para ele, "Lembra do pato?"

Então a Beatriz foi pescar e Filipe ficou para ajudar.

Após vários dias o Felipe sempre ficava fazendo o trabalho da Beatriz até que ele, finalmente não agüentando mais, confessou para a avó que tinha matado o pato.

A vovó o abraçou e disse: "Querido, eu sei... eu estava na janela e vi tudo, mas porque eu te amo, eu te perdoei.

Eu só estava me perguntando quanto tempo você iria deixar a Beatriz fazer você de escravo!"

Qualquer que seja o seu passado, ou o que você tenha feito (mentir, enganar, seus maus hábitos, ódio, raiva, amargura, etc), seja o que for, você precisa saber que Deus estava na janela e viu tudo como aconteceu.

Ele conhece toda a sua vida... Ele quer que você saiba que Ele te ama e que você já está perdoado.

Ele está apenas querendo saber quanto tempo você vai deixar o diabo fazer de você um escravo.

Deus só está esperando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece.

É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos. Vá em frente e faça a diferença na vida de alguém hoje.

Lembre-se sempre: Deus está na janela e sabe de tudo!

 

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo."

Santo, Santo, Santo

Mais um dia se foi e começa um novo dia ouvindo a boa musica...


História do Hino Santo, Santo, ?Santo 


Letra: Reginald Heber (1783-1826
Música: John Bacchus Dykes (1823-1876)

Reginald Heber nasceu na Inglaterra, educou-se em Oxford, onde recebeu o prêmio da Universidade por um poema latino. Aos vinte e quatro anos entrou para a obra do ministério em Hodnet. Mais tarde foi chamado para a diocese de Calcutá, onde trabalhou por três anos. Sua vida foi encurtada por afogamento em 1826.

Heber preservou sua pureza de vida e sua reverência, num mundo de vício e pecado. Alguém disse dele: “Se o seu coração fosse coberto apenas por um vidro, ninguém necessitaria temer ler os seus pensamentos, de tão puros que são.”
Esta é a razão porque podia aproximar-se de Deus com a mais sagrada frase: “Santo! Santo! Santo! Senhor Deus Todo Poderoso!” Lemos em “Early Writings”, (Primeiros Escritos): “As palavras Deus Todo Poderoso são juntadas e usadas por alguns em oração de maneira irrefletida e descuidada, o que Lhe é desagradável. Tais pessoas não possuem o senso de Deus ou da verdade, senão, não falariam tão irreverentemente do grande Deus, que breve irá julgá-los no último dia. Disse o anjo: “Não as associem, pois terrível é o Seu nome”. Os que compreendem a grandeza e a majestade de Deus tomarão o Seu nome nos lábios com santo temor”. Pág. 122

Este hino é a mais solene expressão de culto, e deveria ser cantado reverentemente.

A música de Dykes é apropriada, rica em harmonia e altamente expressiva. Ganharia muito se o cantássemos reverentemente e atentos como se estivéssemos na presença divida.





QUAIS SÃO NOSSAS GRANDES PEDRAS?


Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me. Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará. Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? (Marcos 8:34-36).

Um professor que estava dando um curso sobre organização do tempo usou a seguinte ilustração: pegou um balde vazio e o encheu de pedras. Então perguntou: – O balde está cheio? – Sim, responderam os alunos. Depois colocou vários quilos de cascalho até preencher todo o balde. – Está cheio agora? – Sim, é claro! Será mesmo?, disse ele tirando de um saco outros vários quilos de areia fina, que penetrou nos lugares vazios deixados pelo cascalho e pedras.

– Que grande verdade nos ensina essa pequena experiência?, perguntou aos estudantes.

Um deles arriscou: – Que em nossa agenda cabe mais coisas que pensamos. Sempre se pode acrescentar algo.

– Depende do que você acrescenta. Sim, amigos, pensem um momento. Se eu tivesse começado pela areia e pelo cascalho, as pedras grandes não teriam lugar no balde. Eu quero que percebam que na vida se deve começar colocando o essencial: nosso relacionamento com Deus, com nosso cônjuge, com nossos filhos, etc. Por outro lado, preferir as distrações e as futilidades é como encher o fundo do balde com areia e cascalho; é impossível colocar as pedras grandes! Com o quê vocês têm enchido o balde de sua vida?

É uma boa pergunta! Com o quê você, querido leitor, têm enchido o seu balde?


Nota: Comece essa semana diferente, comece com oração e leitura da Biblia. Voce perceberá a diferença visivelmente. Uma Boa Semana!!!!!

A Esperança Não Decepciona

O Sábado chegou.....FELIZ SÁBADO A  TODOS!

A esperança não nos decepciona, porque Deus derramou Seu amor em nossos corações. Romanos 5:5

Usamos muitas vezes a palavra esperança com o sentido de otimismo: espero que meu time ganhe, que eu passe no concurso público, que meu projeto seja aprovado. Quando a mega-sena fica acumulada, formam-se filas enormes de pessoas que esperam ser os próximos ganhadores.

Uma definição de esperança seria “o desejo acompanhado de uma expectativa. Interesse ou desejo cujo cumprimento é acariciado”. Outra definição simples: “Atitude positiva em relação ao futuro.” Quando você diz a alguém que não há mais jeito, não há esperança, está tirando dele uma coluna de sustentação à qual ele poderia se apegar.

O sistema escolar de uma grande cidade mantinha um programa de ajuda a crianças que estivessem hospitalizadas, a fim de que elas se mantivessem em dia com os estudos durante o período de internação. Certo dia, uma professora recebeu chamada telefônica com a incumbência de visitar um garoto que estava hospitalizado. Ela anotou o nome, o número do apartamento do hospital e foi conversar brevemente com a professora dele. “Estamos estudando substantivos e advérbios, disse a professora. Eu agradeceria se você o ajudasse nesses pontos.”

Naquela tarde, ela foi visitar o garoto. Ninguém mencionou para ela que o menino tinha sido gravemente queimado e sentia muita dor. Chocada com o que viu, simplesmente gaguejou para ele: “A escola me enviou para estudar substantivos e advérbios com você.”

Ao sair, percebeu que não tinha dado toda a matéria que queria. Mas, no dia seguinte, uma enfermeira perguntou para ela: “O que é que você fez para aquele garoto?” A professora ficou preocupada de que tivesse feito algo errado e começou a se desculpar.

“Não, não, disse a enfermeira, você não entendeu o que estou querendo dizer. Nós estávamos muito preocupados com o garoto, mas desde que você o visitou ontem, a atitude dele mudou completamente. Ele está reagindo e respondendo ao tratamento. É como se ele tivesse decidido viver.”

Duas semanas mais tarde, o menino explicou que tinha desistido de tudo, até que a professora chegasse. Tudo mudou quando ele compreendeu, e expressou o seguinte: “Eles não teriam enviado um professor para ensinar substantivos e advérbios para um garoto que estivesse morrendo, não é mesmo?”

Acredite, às vezes, a diferença entre a vida e a morte é nada mais do que a esperança.

Fonte: Meditações Diárias 2011

Pequenas lições que deixam nossa vida muito melhor.....

Tenham todos um bom dia...e sejam felizes

1. Caminhe de 10 a 30 minutos todos os dias e sorria enquanto caminha.

2. Ore na intimidade com Deus pelo menos 10 minutos por dia, em segredo, se for necessário.

3. Escute boa música todos os dias. A música é um autêntico alimento para o espírito.
 
4. Ao se levantar de manhã, fale "Deus, meu Pai, Te agradeço por este novo dia".


5. Viva com os 3 "E": Energia, Entusiasmo e Empatia.

6. Participe de mais brincadeiras do que no ano passado.

7. Sorria mais vezes do que o ano passado.



8. Olhe para o céu pelo menos uma vez por dia e sinta a majestade do mundo que rodeia você.

9. Sonhe mais, estando acordado.


10. Coma mais alimentos que crescem nas árvores e nas plantas, e menos alimentos industrializados.


11. Coma nozes e frutas silvestres. Tome chá verde, muita água e suco de uva, hein!!. Cuide de brindar sempre por alguma das muitas coisas belas que existem em sua vida e, se possível, faça em companhia de quem você ama.



12. Faça rir pelo menos 3 pessoas por dia.


13. Elimine a desordem de sua casa, seu carro e seu escritório.



14. Não gaste seu precioso tempo em fofocas, coisas do passado, pensamentos negativos ou coisas fora de seu controle. Melhor investir sua energia no positivo do presente.

15. Tome nota: a vida é uma escola e você está aqui para aprender. Os problemas são lições passageiras, o que você aprende com eles é o que fica.


16. Tome o café da manhã como um rei, almoce como um príncipe e jante como um mendigo.



17. Não deixe passar a oportunidade de abraçar quem você ama. Um abraço!


18. A vida é muito curta para você desperdiçar o tempo odiando alguém.

19. Não precisa ganhar cada discussão. Aceite a perda e aprenda com o outro.


20. Fique em paz com o seu passado para não estragar o seu presente.



21. Não compare sua vida com a dos outros. Você não sabe como foi o caminho que eles tiveram que trilhar na vida.




22. Aprenda algo novo cada dia.
23. Ajude sempre os outros. O que você semeia hoje, colherá amanhã.



24. Não importa se a situação é boa ou ruim, ela mudará.

25. O seu trabalho não cuidará de você quando você estiver doente. Seus amigos sim. Mantenha contato com seus amigos.



26. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem o que você precisa.



27. Não importa como você se sente: levante, vista e participe.



28. Ame sempre com todo o seu ser.

29. Telefone para seus parentes frequentemente e mande emails dizendo: Oi, estou com saudades de vocês!


30. Cada noite, antes de deitar, agradeça a Deus por mais um dia vivido.



31. Lembre que você está muito abençoado para estar estressado.



33. O melhor está ainda por vir.



SEJA FELIZ AO LADO DE CRISTO, SÓ PODE DAR A FELICIDADE QUE TANTO VOCE ALMEJA.
 
 
 
 

Blogger Templates