Viver Pela Fé


Eu lhes digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa? Mateus 6:25, NVI

Após muitas tentativas frustradas de conservar meu casamento, decidi separar-me do meu esposo. Do dia da separação em diante, comecei a experimentar todas as promessas de Deus em minha vida. Lembro-me bem de algo que aconteceu numa sexta-feira, uns oito meses após a separação.

Nas tardes de sexta-feira, eu tinha o hábito de ler um livro devocional na hora do pôr do sol. Nesse dia, em especial, eu me sentia cansada, triste e aflita. Quando voltei para casa após a reunião do pequeno grupo do qual participávamos todas as sextas-feiras, eu não sabia o que dar aos meus filhos no desjejum do sábado. Fui para a cama sem ler o livro devocional. Como não conseguia dormir, e depois de muitas horas me virando e revirando na cama, decidi levantar-me e ouvir a voz do Espírito Santo. A voz parecia dizer-me que lesse o livro devocional, especialmente a mensagem para aquele dia. Enquanto lia, foi muito confortador encontrar o Salmo 23:1 e 4, que diz: “O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta. [...] Não temerei perigo algum, pois Tu estás comigo; a Tua vara e o Teu cajado me protegem” (NVI). Para confirmar a guia de Deus em minha vida, também li Mateus 6:25: “Não se preocupem.”

Caí logo no sono, com o coração em paz. No sábado, levantamo-nos para ir à igreja, sem o desjejum. Mas logo ouvi a voz da minha irmã, que é minha vizinha, pedindo que eu fosse à cerca para receber um pão de trigo integral que ela havia assado para mim. O problema do alimento estava resolvido. Após o culto, minha amiga Gislene, líder do nosso pequeno grupo, entregou-me um envelope que continha aproximadamente R$ 75,00 que o grupo havia coletado naquela sexta-feira, após a reunião. Esse valor foi útil para comprar produtos no mercado.

Apesar das circunstâncias desfavoráveis e da angústia que por vezes experimentamos, Deus está no controle da nossa vida. Devemos colocar todos os nossos fardos e cuidados nas mãos do Senhor e descansar nEle. Verdadeiramente, posso dizer: Muito obrigada, Senhor, por suprir sempre as minhas necessidades!

Escrito por Rosângela Ferreira Nery
Meditação da Mulher

1 comentários:



Celina disse...

É verdade, Vânia.
Como conta a experiência narrada, Deus provê o necessário para nossa vida hoje.
Boa semana.
Deseja
Celina

Blogger Templates