Mais Branco que a Neve


Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais alvo que a neve. Salmo 51:7

Para começar, preciso confessar que não sou grande cozinheira! Eu me chamo “cozinheira à minuta”. Coloco parte da culpa no fato de que precisei trabalhar a vida toda, solteira ou casada. Durante 25 anos, fui estenotipista em tribunais. Parte desse tempo trabalhei em casa, enquanto meus filhos eram pequenos. Mas, mesmo então, minhas refeições sempre foram muito simples: uma proteína, um vegetal verde, um vegetal amarelo, salada e pão integral.

Atualmente, meu esposo e eu somos aposentados e passamos os meses de inverno “acampando” num pequeno trailer no centro da Flórida. Temos duas facas, dois garfos, seis colheres, duas tigelas, e panelas e potes simples. Assim, preparo uma refeição simples e me sento para esperar que ela cozinhe. Certa vez, senti o cheiro de algo queimando. (Sim, meus olhos são ruins e meus ouvidos não são muito bons, mas meu nariz funciona bem!) Quando saltei para tirar a panela do fogão, vi que o fundo estava preto por dentro. Ai, não! De novo, não! Depois de resgatar o que estava por cima, enchi a panela com água fria e deixei-a de molho durante a refeição. Depois me atraquei com a tarefa de livrar-me de todo aquele pretume. Não foi fácil! Usei escova, depois coloquei Ajax sobre a esponja e esfreguei um pouco mais. Da última vez que isso aconteceu, estava tão difícil de limpar que achei que certamente precisaria comprar uma panela nova. Mas, viva! Depois de muito trabalho, o fundo ficou brilhante e limpo outra vez.

A mesma sequência parece repetir-se em minha vida espiritual. Cada manhã, quando faço meu devocional, oro: “Guardo no coração as Tuas palavras, para não pecar contra Ti” (Salmo 119:11). Contudo, durante o dia, vejo-me repetindo os velhos hábitos ou proferindo palavras atravessadas. À noite, me ajoelho e imploro a misericórdia do Senhor para cobrir meus pecados e limpar-me. A negligência não é dEle – sou eu que faço a bagunça –, mas Ele, uma vez mais, dispõe-Se me purificar. Leio as promessas em Sua Palavra e tenho a certeza de que Ele entende nossas fraquezas e nos perdoa as limitações. Como diz Jeremias 33:8: “Purificá-los-ei de toda a sua iniquidade com que pecaram contra Mim; e perdoarei todas as suas iniquidades com que pecaram e transgrediram contra Mim.” Que Salvador maravilhoso é Jesus, meu Senhor!

Rubye Sue


2 comentários:



Celina disse...

Olá, Vania.
Também comigo já aconteceu muitas vezes essa experiência da panela descrita pela autora do texto.
É bom saber que Deus pode limpar nossa vida muito mais perfeitamente do que podemos fazer com qualquer utensílio.
Boa semana.
Celina

Cida Kuntze disse...

Que bela aplicação do texto.
Só mesmo o Senhor pra tirar o "pretume" da nossa vida.

Como ela, também não sou boa cozinheira, mas tenho que me virar, pois não dá pra sentar e ficar esperando meu marido cozinhar pra nós...kkkkkk.

Beijinhos amiga.

Blogger Templates