Mensagens

Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no Céu. Mateus 5:16, NTLH.

Na rua onde moro, é tradição pendurar um balão rosa ou azul na cerca, quando alguém tem um novo neto. A maioria dos moradores se mudou para cá quando o subúrbio foi formado, e nossos filhos cresceram juntos. Os anos passaram rapidamente e meus quatro filhos (dois meninos e duas meninas) têm agora suas próprias famílias, abençoando-me com oito preciosos netos.

No dia 24 de setembro de 2003, foi minha vez de pendurar orgulhosamente um balão rosa na cerca, proclamando a chegada de Jasmine. Então, exatamente uma semana depois, um balão azul anunciou a chegada de Bradley. Os vizinhos ao lado notaram logo a mudança de cor, com poucos dias de diferença. Sem saber que aguardávamos dois, tão perto um do outro, eles perguntaram, sinceramente, se eu havia cometido um erro. Pronta e orgulhosamente, traduzi a mensagem dos balões.

Há maneiras incontáveis pelas quais enviamos e recebemos mensagens, e todas parecem exigir nossa atenção. Meu telefone celular me faz lembrar disso, com suas mensagens de texto. A tecnologia moderna dispara mensagens de um lado para o outro do mundo, via satélite. Há secretárias eletrônicas, máquinas de fax, e-mails, telefones – e não nos esqueçamos de um pequenino aparelho chamado bipe.

Algumas das mais belas mensagens que recebi aquecem o coração: “Eu te amo”, “Tenha coragem”, “Estou pensando em você”, “Orando por você”, e muitas outras. Que usemos essas pequenas frases como dádivas para aqueles que nos rodeiam, pois a lembrança de doces palavras alegra o coração num mundo que dá tantas mensagens tristes. 

A Bíblia oferece mensagens de esperança e conforto, outras de instrução ou advertência, tendo Deus enviado todas elas com amor. Após receber Suas mensagens, é importante lembrar que minhas palavras e meus atos são mensagens visíveis que dou a todos com quem me encontro, cada dia. Oro para que meus vizinhos me interpretem como uma testemunha verdadeira, diferente da mensagem confusa que a mudança de cor dos balões apresentou.


Escrito por Lyn Welk-Sand

1 comentários:



Celina disse...

Legal, Vania.
Que nossos atos e palavras, como cristãos, sejam mensagens sinceras, firmes, seguras.

Abençoada semana.

Celina

Blogger Templates