O Arco-Íris

Bom dia queridos!!!!!! Sempre que posto uma mensagem aqui, tenha certeza de que veio ao encontro das minhas necessidades. É sempre por algo que estou passando e Deus maravilhosamente supre-as. E minha alegria é tanta que preciso compartilhar com voces. A mensagem de hoje acalmou me coração intranquilo. Esta mensagem fala da experiência que Terrie Ruff. 


Porei nas nuvens o Meu arco; será por sinal da aliança entre Mim e a terra. Gênesis 9:13. 

Alguma vez você já se sentiu abandonada por Deus? Já se perguntou, no fundo do coração, se desta vez foi Ele quem Se mudou, e não você? Já se questionou, como Jó, sobre o porquê da prosperidade dos ímpios? Alguma vez perguntou a Deus: Por que eu? 

É geralmente quando estou deitada quieta na cama, recapitulando os eventos do dia e antecipando os que virão, enquanto me preparo para o quieto repouso, que as perguntas vêm. Nos meus momentos de silêncio, quando a vida está quieta, luto com perguntas acerca do meu Deus. 

Meus dias como assistente social estão repletos de minha doação aos outros: dou de mim mesma – telefonemas, reuniões com famílias, visitas aos lares, aconselhamento. Sem esquecer a papelada. Mesmo voltando do trabalho para casa, sinto a agitação febril, a realidade de viver num congestionado isolamento, na selva de concreto do sucesso.

Ao fechar as janelas do carro para não sentir frio, o barulho tão alto e dispersivo silencia. As conversas nas ruas e nos carros ao meu lado se calam. Tudo está quieto no meu carro, e nesse momento esforço-me para ouvir a Deus. Mas não ouço nada – e preciso de algo, de Alguém. A assistente social, a doadora, é agora a necessitada. Começo a me sentir totalmente só no silêncio. 

Por que Deus fica tão quieto quando estou magoada e precisando de cura? 

Por que Ele silencia quando preciso de Sua força e poder? 

Por que tenho a impressão de que Ele não é um Deus relevante? 

Então alguma coisa me atrai o olhar, e minha atenção é chamada para o céu. Diretamente diante de mim, no meio de um dia perfeitamente ensolarado, vejo um arco-íris rodeando uma nuvem. É verdadeiramente incrível contemplar isso! Começo a sorrir, depois a rir. 

Deus não mais está silente. Não mais está imóvel. Ele é relevante. 

É Aquele que me cura, é meu poder, meu Deus atento. Revelou-Se a mim no símbolo de uma nuvem rodeada por um arco-íris, o concerto de Deus, o Seu sinal de amor, Sua promessa de ser o Deus de Terrie Ruff. Seu sinal abrange o espaço entre o Céu e a Terra. 

Agradeço a Deus pelo dom de um arco-íris naquele dia; porém, mais importante, sou grata pelo Doador do arco-íris.

Que esta mensagem alcance seu coração atribulado, assim como alcançou  meu.


1 comentários:



Celina Pereira disse...

Oi, Vania.
É bom quando temos os olhos abertos para ver arco-íris que representam as promessas de Deus.
Obrigada pela visita e participaçao na promoção do blog.

Celina

Blogger Templates