Uma coisa maravilhosa - Felicidade

Mas o fruto do Espírito é… gozo (Gálatas 5:22).

Felicidade interior e duradoura é o que todos precisam e anseiam. Muitos tentam encontrá-la principalmente nos prazeres e distrações dos mais variados tipos. Mas isso não lhes garante satisfação permanente.

A longo prazo, tais coisas podem até gerar desilusão, frustração e tristeza. Outros enchem sua mente de beleza e arte, criações da natureza ou da genialidade humana. Porém, isso também é passageiro e uma vez que a realidade da eternidade toca o homem mortal, tudo se mostra inútil e vazio.

A verdadeira alegria não depende das circunstâncias ou condições externas, mas está além delas. Sua fonte vem do próprio Espírito de Deus, o qual habita em cada crente genuíno. Esse tipo de alegria não apenas proporcionou consolo ao apóstolo Paulo na prisão, como o capacitou a encorajar outros na mesma situação.

Que grande momento é quando alguém crê de fato em Jesus Cristo e sente a alegria da salvação pela primeira vez! Cada novo dia pode ser repleto desse júbilo. É necessário somente relembrar a grande salvação concedida pelo Senhor Jesus e agradecê-Lo por ela.

O Espírito de Deus também releva aos crentes a profunda alegria da comunhão com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo (1 João 1:3-4). O gozo da comunhão fraternal é um vínculo para todos os filhos de Deus; ela ajuda a revigorá-los e a testificar da nova vida que existe dentro deles. Que coisa maravilhosa é experimentar isso!

Apenas uma única vida para viver

BOM DIA!!!!! E UMA SEMANA CHEIA DE BENÇÃOS A TODOS QUERIDOS AMIGOS!

Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos (Romanos 14:8-9).

Na epístola que escreveu, Tiago faz a seguinte pergunta: “Que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece” (4:14).

Podemos até nos arrepender amargamente do tempo que desperdiçamos, mas não podemos trazer de volta um instante sequer do passado.

Temos apenas uma única vida para vivermos aqui neste mundo. Quanto dela escorre por entre nossos dedos, quer desejemos isso ou não?

Se fizermos uma avaliação séria, provavelmente concluiremos que gastamos muito tempo perseguindo ilusões ou vagando sem rumo. Para experimentarmos o que realmente a vida foi planejada para ser, temos de vivê-la com Deus e para Deus. Essa é a verdadeira vida.

Muitas pessoas hoje se sentem desconfortáveis sem saber o porquê. Não têm esperança ou segurança acerca do futuro. Pensar sobre as transformações de nossa sociedade de hoje já lhes causa terror. O próprio Senhor Jesus falou acerca de um tempo ainda futuro caracterizado por “homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo” (Lucas 21:26).

Hoje, contudo, ainda é o tempo da graça, no qual as boas novas de Jesus Cristo continuam sendo pregadas a todos. E é tempo de con­siderarmos a questão da eternidade, nosso destino após a morte. É imperativo pedir e aceitar o perdão divino e a vida eterna que Ele ainda nos oferece.

A possibilidade de entrar no céu está diante de nós. Entrar ou não no Reino de Deus é uma decisão absolutamente individual. A parte de Deus já foi feita; agora cabe a nós escolhermos!


http://www.apaz.com.br

O que Vejo do meu Escritório

Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o Céu e a Terra. Salmo 121:1, 2

Todos os dias úteis, quando entro no meu escritório e abro as cortinas, fico admirada diante de uma vista espetacular, que parece dizer: “Bem-vinda a um dia novinho em folha!” Essa poderosa exibição das obras de Deus é majestosa e inspira reverência. As pessoas que visitam meu escritório observam que tenho a melhor vista do campus.

O Sol refulgente, com seu halo dourado, banha a terra com cálidos raios. O céu azul está coberto de nuvens que parecem ondas do mar. À distância, veem-se majestosos e ondulados picos de montanhas, contornando o horizonte. Árvores perenes apresentam-se com imponência. Outras árvores, cobertas com espessa folhagem verde, formam uma barreira protetora contra o mundo exterior. Perto da biblioteca, três bandeiras ondulam suavemente na brisa, um lembrete vivo de meu compromisso com meu Deus, minha igreja e meu país.

Deste vantajoso ponto de observação, noto estudantes seguindo seu caminho para a biblioteca, para as salas de aula, o refeitório e outros locais de interesse. À minha direita está a igreja – lugar de adoração e louvor, lugar quieto onde santos e pecadores vêm para encontrar consolo e renovação para sua alma turbada, lugar onde se formam amizades duradouras que, às vezes, culminam em santo matrimônio. Aninhados entre a igreja e a biblioteca, estão os residenciais que abrigam nossos futuros líderes, preciosas posses de Deus.

É essa a vista do meu escritório.

Mais importante, porém: o que a vista da minha vida diz aos meus colegas, aos alunos e a outras pessoas com quem tenho interagido diariamente?

Veem eles que sou uma pessoa íntegra, uma cristã amorosa e atenciosa?

Se fossem gravadas as minhas conversas do dia, eu ficaria envergonhada ou embaraçada ao ouvi-las?

Minhas palavras retratariam os frutos do Espírito, ou seriam palavras de tagarelice e crítica?

Minha atitude ajudaria ou atrapalharia alguém no seu crescimento cristão?

Minha vida apontaria para Jesus ou chegaria a desapontar essas pessoas?

Que solene responsabilidade repousa sobre meus ombros!

Como cristãos, nossa vida é observada constantemente. Senhor, oro para que a minha revele que eu Te amo, e que és o centro da minha alegria.


Meditação da Mulher - Shirley C. Iheanacho

Quais os "pára-quedas" da sua vida?

Charles Plumb, era piloto de um bombardeiro na guerra do Vietnã. Depois de muitas missões de combate, seu avião foi derrubado por um míssil. Plumb saltou de pára-quedas, foi capturado e passou seis anos numa prisão norte-vietnamita.

Ao retornar aos Estados Unidos, passou a dar palestras relatando sua odisséia e o que aprendera na prisão. Certo dia, num restaurante, foi saudado por um homem:

“Olá, você é Charles Plumb, era piloto no Vietnã e foi derrubado, não é mesmo?"

“Sim, como sabe?", perguntou Plumb.

“Era eu quem dobrava o seu pára-quedas. Parece que funcionou bem, não é verdade?"

Plumb quase se afogou de surpresa, e com muita gratidão respondeu:
"Claro que funcionou, caso contrário eu não estaria aqui hoje."

Ao ficar sozinho naquela noite, Plumb não conseguia dormir, pensando e perguntando-se: “Quantas vezes vi esse homem no porta-aviões e nunca lhe disse Bom Dia? Eu era um piloto arrogante e ele um simples marinheiro."

Pensou também nas horas que o marinheiro passou humildemente no barco enrolando os fios de seda de vários pára-quedas, tendo em suas mãos a vida de alguém que não conhecia.

Agora, Plumb inicia suas palestras perguntando à sua platéia:
"Quem dobrou teu pára-quedas hoje?".

Todos temos alguém cujo trabalho é importante para que possamos seguir adiante. Precisamos de muitos pára-quedas durante o dia: um físico, um emocional, um mental e até um espiritual. Às vezes, nos desafios que a vida nos apresenta diariamente, perdemos de vista o que é verdadeiramente importante e as pessoas que nos salvam no momento oportuno, sem que lhes tenhamos pedido.

Deixamos de saudar, de agradecer, de felicitar alguém, ou ainda simplesmente de dizer algo amável.

Hoje, esta semana, este ano, cada dia, procura dar-te conta de quem prepara teu pára-quedas, e agradece-lhe. Ainda que não tenhas nada de importante a dizer, dê um "alô" a quem fez isto alguma vez. E lembre-se também dos que não o fizeram. As pessoas ao teu redor notarão esse gesto, e te retribuirão preparando teu pára-quedas com esse mesmo afeto. Todos precisamos uns dos outros, por isso, mostra-lhes tua gratidão. Às vezes as coisas mais importantes da vida dependem apenas de ações simples. Só um telefonema, um sorriso, um agradecimento, um "gosto de você!", um "eu te amo!".

Aprenda a ser agradecido por tudo de bom, seja grande ou pequeno, que as pessoas fazem por você.

"Saudai Priscila e Áqüila, meus cooperadores em Cristo Jesus, os quais pela minha vida arriscaram a sua própria cabeça; e isto lhes agradeço, não somente eu, mas também todas as igrejas dos gentios" - Rom. 16:3-4.

Paulo era um homem que sabia a importância do agradecimento sincero!

Um rebanho e um pastor

Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a Mim Me convém conduzi-las; elas ouvirão a Minha voz; então, haverá um rebanho e um pastor. João 10:16

Um garoto estava apascentando as ovelhas de seu pai. Não muito longe dali, do outro lado de um pequeno vale, um outro garoto, vizinho, estava também apascentando as ovelhas do pai. Os rapazes eram bons amigos. Com frequência eles conversavam através do vale que os separava.

Um dia, uma forte tempestade caiu repentinamente, e os rapazes, com as ovelhas, se refugiaram embaixo da saliência de uma rocha. Quando a tormenta passou e chegou a hora de voltarem para casa, os garotos enfrentaram um problema: as ovelhas estavam misturadas e eles não sabiam como separá-las. Algumas eles conheciam, mas não tinham certeza quanto a outras.

Finalmente, desesperados e com medo de serem repreendidos, eles começaram a caminhar para casa, cada um por um caminho diferente. E então, o que aconteceu? As ovelhas se separaram, cada uma seguindo seu pastor!

Hoje, as ovelhas de Deus se acham misturadas e espalhadas por muitas nações, tribos e línguas, na Babilônia mística. E muitas se acham isoladas, sem terem laços com algum grupo organizado. Mas o Salvador conhece a todas e, quando chegar o momento de ir para casa, elas ouvirão Sua voz e O seguirão.

O chamado de Cristo será: “Retirai-vos dela, povo Meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos” (Ap 18:4).

Deus sempre teve um povo em Babilônia. Homens e mulheres tementes a Deus às vezes vivem numa sociedade corrupta. Para que não se envolvam nos seus pecados, e consequentemente, no seu castigo, eles deverão deixar a companhia de gente perversa. Antes que a casa caia é melhor que seus moradores saiam dela para salvar a vida.

No passado remoto o povo de Deus ouviu o chamado divino para se retirar da Babilônia literal e retornar para Jerusalém (ver Is 48:20, Jr 50:8, 51:6, 45). Antes de se encerrar o tempo de graça o povo de Deus deverá também abandonar a Babilônia espiritual e se unir ao remanescente, aos “que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” (Ap 14:12).

Então haverá um rebanho, e um pastor, que é Cristo, e não o líder de alguma igreja.








Meditações Diárias - Rubem Scheffel

A Vigília da Noite - Melhor Hora para Conversar com Deus

A minha boca Te louva, no meu leito, quando de Ti me recordo e em Ti medito, durante a vigília da noite. Salmo 63:5, 6

O que você faz quando não consegue dormir, à noite? Toma um sonífero, liga a televisão, lê, ou caminha pela casa? Quase todos nós já passamos noites em claro, perturbados por algum problema, preocupação ou barulho. E isto não é exclusividade da vida moderna e agitada em que vivemos. O salmista Davi teve insônia em meio ao silêncio e solidão do deserto.

Podemos imaginá-lo à porta de sua tenda, olhando para o céu estrelado e para a imensidão vazia do deserto da Judeia, fracamente iluminado pelo luar. É um lugar desolado, ótimo para um fugitivo se esconder. Foi por isso que Davi foi para lá, ao fugir de Saul.

Ele estava solitário e triste, certamente pensando nos dias alegres que já vivera e se perguntando se viveria dias melhores no futuro. Agora temia por sua vida, pois sua cabeça estava a prêmio. O sono lhe fugira dos olhos. O que fazer, sem televisão, naquelas paragens? Voltar para a cama e meditar no que Deus havia feito por ele no passado! Foi o que fez. E expressou sua confiança nesse mesmo Deus dizendo: “Porque Tu me tens sido auxílio; à sombra das Tuas asas, eu canto jubiloso. A minha alma apega-se a Ti; a Tua destra me ampara. Porém os que me procuram a vida para a destruir abismar-se-ão nas profundezas da Terra” (Sl 63:7-9).

O que é que lhe tira o sono? Problemas financeiros? Problemas conjugais? O clima não é favorável para suas plantações? O médico lhe deu uma má notícia? Precisou reprovar um aluno? Está desempregado? Essas e outras preocupações, que incomodam durante o dia, têm o poder de tirar o sono à noite.

A lista de coisas que podem nos perturbar à noite é enorme. Talvez alguém nos tenha ofendido ou ameaçado. Pode ser também que o problema esteja dentro de nós, como remorso ou complexo de culpa.

Seja lá o que for que o mantém desperto em hora de dormir, quando você se sentir solitário e com o coração opresso, quando nada parece ter sentido, quando a dor e o sofrimento parecem insuportáveis, e você não tem ideia de como enfrentar um novo dia, faça o que fez Davi – medite no amor de Deus e em Seu poder restaurador. Pense em como Ele o ajudou e protegeu no passado. Pense em Sua infinita capacidade de cuidar de você no futuro.

Lembre-se de que está a salvo debaixo de Suas asas. Deus o sustentará durante este dia. E durante a vigília da noite também.

Meditações Diárias - Rubem Scheffel

Hoje é Primavera

Disse Deus: "Haja luminares no firmamento do céu para separar o dia da noite. Sirvam eles de sinais para marcar estações, dias e anos. Génesis 1:14

Primavera: De 23 de setembro a 21 de dezembro.

Do latim: primo vere, no começo do verão.

Sabemos que durante o ano ocorrem quatro estações: Primavera, verão, outono e inverno.

As estações acontecem por causa da inclinação da terra em relação ao sol. O movimento do nosso planeta em torno do sol dura um ano. Esse movimento recebe o nome de translação e a sua principal conseqüência é a mudança das estações do ano.

Neste período os animais se reproduzem e constroem seus ninhos. Os insetos como as borboletas e abelhas, voam de flor em flor em busca do néctar que as flores possuem, e acontece o reflorescimento da flora e da fauna

Todo mundo espera o início de um novo ano para novos planos, novos projetos, novas amizades e melhorar nos relacionamentos....

A Primavera é uma estação que tudo se faz novo.... Passa-nos uma sensação de começar de novo, um novo começo.

Não espere terminar o ano para fazer planos para o novo ano... Comece agora...

Primavera é renovação.... É nascer de novo.....

De que forma eu poderia começar de novo?

Por onde começaria?

Comece pedindo a Deus que guie sua vida e deixe tudo com Ele.... Não se canse de falar com Ele todos os dias.... Não se canse de ouvir os Seus conselhos e Suas promessas através de sua Palavra todos os dias.

Se você achar que Deus está demorando em resolver seus problemas... O conselho é:

“Às vezes vencer, é saber esperar.”

Tenha Jesus ao seu lado em todos os momentos..... A vida com Ele é uma eterna Primavera.



Escrito por Vania Ferro

Apreço

Meu alicerce nesta terra, meu porto seguro - Meus pais por quem eu tenho grande apreço

Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. Colossenses 3:15

Quando eu era adolescente e meu irmão mais novo estava na pré-escola, uma senhora vinha à nossa casa para cuidar do meu irmão após o jardim da infância. Pouco a pouco, envolveu-se em nossa vida familiar. Começou a assumir algumas tarefas em casa, e foi uma grande ajuda para minha mãe. Quando meu irmão cresceu e não precisava mais de uma babá, a “Pérola” de mamãe (era assim que ela a chamava) continuou vindo regularmente, para fazer a limpeza, lavar e passar roupa. Lembro-me claramente de minha mãe ao cumprimentá-la quando ela chegava e depois, na despedida, sempre com palavras de apreço. Às vezes, eu me perguntava se aquilo era realmente necessário. Afinal, ela não estava simplesmente fazendo seu trabalho?

Não seria suficiente agradecer de vez em quando? pensava eu.

O exemplo de minha mãe suscitou questões importantes em minha mente: Somos agradecidos o suficiente? Apreciamos o que os outros fazem por nós ou achamos que temos o direito adquirido de receber seu serviço? Recordo de um pastor que contou um incidente ocorrido numa das igrejas que ele pastoreou.

Numa manhã de sábado, diante de toda a congregação, ele expressou sua gratidão para com a mulher responsável pelos arranjos florais. A mulher se sentiu muito comovida com o gesto dele, já que nunca fora reconhecida por sua contribuição à igreja nos 20 anos em que executou essa mesma tarefa!

Assim, pensamos esperar 20 anos antes de expressar nosso apreço por alguém? Muitas vezes temos a tendência de ser agradecidos sem expressá-lo: apreciamos uma casa bonita e limpa, o belo arranjo de flores na igreja, uma refeição saborosa, etc., mas frequentemente deixamos de expressar nossa gratidão a Deus e àqueles por intermédio de quem Ele nos concede essas bênçãos. Não deveríamos, porém, incentivar uns aos outros e expressar nosso apreço uns pelos outros?

Em quase cada uma das epístolas, Paulo dava graças pelas pessoas a quem escrevia, bem como por sua fé (Romanos 1:8), a graça de Deus para com elas (1 Coríntios 1:4), seu companheirismo no evangelho (Filipenses 1:3) e o amor e a fé que demonstravam para com os outros (Colossenses 1:3, 4). Que exemplo! Para quem podemos dizer “Muito obrigada” hoje?


meditação da Mulher - Daniela Weichhold

Construindo a minha vida sobre a Rocha (Jesus)


"Todo aquele, pois, que ouve estas palavras e as pratica, será comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína." Mateus 7:24-27

Um velho carpinteiro estava para aposentar-se. Ele contou a seu chefe os seus planos de largar o serviço de carpintaria e de construção de casas e viver uma vida mais calma com sua família. Claro que ele sentiria falta do pagamento mensal, mas ele necessitava da aposentadoria.
 
O dono da empresa sentiu em saber que perderia um de seus melhores funcionários e pediu a ele que construísse uma última casa como um favor especial. O carpinteiro consentiu, mas com o tempo ficou fácil perceber que seus pensamentos e seu coração não estavam no trabalho. Ele não se empenhou no serviço e se utilizou de mão-de-obra e matérias-primas de qualidade inferior.

Foi uma maneira lamentável de encerrar sua carreira. Quando o carpinteiro terminou o trabalho, o construtor veio inspecionar a casa e entregou a chave da porta ao carpinteiro. “Esta é a sua casa, meu presente para você.” Foi um choque, uma vergonha. Se ele soubesse que estava construindo sua própria casa, teria feito completamente diferente. Não teria sido tão relaxado. Agora ele teria de morar numa casa feita de qualquer maneira.

Assim acontece conosco. Construímos nossas vidas de maneira distraída, reagindo mais que agindo, desejando colocar menos do que o melhor. Nos assuntos importantes não empenhamos nosso melhor esforço. Então, em choque, nós olhamos para a situação que criamos e vemos que estamos morando na casa que construímos. Se soubéssemos disso, teríamos feito diferente.

Pense em você como o carpinteiro. Pense sobre sua casa. Cada dia você martela um prego novo, coloca uma armação ou levanta uma parede.

Construa sabiamente. É a única vida que você construirá. Mesmo que você tenha somente mais um dia de vida, este dia merece ser vivido graciosamente e com dignidade.

Cosntrua sua vida sobre a Rocha que é Cristo Jesus.

Sua vida de hoje é o resultado de suas atitudes e escolhas feitas no passado. Sua vida de amanhã será o resultado de suas atitudes e escolhas que fizer hoje.


Deus Tem Mil Maneiras

Amai-vos cordialmente uns aos outros. Romanos 12:10

As nuvens baixas se acumulavam naquele 21 de setembro, quando chegou um e-mail e ajudou a espalhá-las. “Saiba que eu a aprecio desde o momento em que a vi na loja, tantos anos atrás. Sua bondade transparecia no seu rosto, e você não teve medo de mim, e seu grande coração permitiu que uma pessoa totalmente estranha se aproximasse de você. Então, você orou comigo e por mim. Você é verdadeiramente uma grande pessoa, nunca duvide disso. Você é uma das raras pessoas que levam a religião a sério e costumam usá-la diariamente. Sylvia.”

Respondi em seguida: “Sylvia, você iluminou o meu dia!” e perguntei se ela se lembrava do ano em que nos havíamos conhecido.

“Foi 1982 – as gêmeas ainda usavam fraldas, mas caminhavam e se metiam em todo canto! Mais tarde, naquele ano, você me emprestou dinheiro para a escola e isso possibilitou que eu cursasse enfermagem. Aprecio profundamente o fato de ter uma ‘irmã mais velha’ maravilhosa e sincera, com quem posso comunicar-me em todos os níveis, e que tem realmente um coração bondoso e compreensivo. Abraços. Sylvia.”

Verão de 1982. Tappahannock, Virgínia. Entramos quase simultaneamente, enquanto a porta automática do supermercado se abria. Olhando-a com um canto do olho, vi um rosto jovem, ansioso, lacrimejante, preocupado. Sorri brevemente. Ela respondeu, dizendo em voz baixa: “Ore por mim, por favor.” Fomos para um canto vazio e inclinamos a cabeça. Sem investigar detalhes, pedi fervorosamente ao Senhor, que conhecia os problemas dela, que a abençoasse e ajudasse em sua aflição. Foi uma oração breve, que deu início a uma amizade que dura até hoje. Confidenciou-me que sua franquia havia fracassado, e ela tentava recuperar-se outra vez. Então, nos separamos, depois de nos apresentarmos.

Na época com vinte e poucos anos, Sylvia me surpreendeu na semana seguinte, levando suas gêmeas à igreja. Também me expôs sua vida, confidenciando as lutas para manter-se e criar as meninas. Cultivamos a amizade, e Sylvia, desde então, mantém contato por meio de telefonemas, cartas e, recentemente, e-mails ocasionais. Pode-se fazer amizade de maneiras surpreendentes. Você está pronta para responder quando Deus coloca uma no seu caminho?

Meditação da Mulher - Consuelo Roda Jackso

querida Cida Kuntze, essa meditação me fez lembrar de vc....xerooo amiga

Meu segundo selinho

Gente! recebi este selinho da Celina do blog http://celina-vivercelina.blogspot.com/. Celina é minha mais nova amiga....e seu blog é maravilhoso. Obrigada minha querida pelo selinho....xerooooo

Manassés, o rei que detonou sua nação - A conversão de Manassés

Manassés fez errar a Judá e os moradores de Jerusalém, de maneira que fizeram pior do que as nações que o Senhor tinha destruído de diante dos filhos de Israel. 2 Crônicas 33:9

Manassés tinha apenas doze anos de idade quando se tornou rei, e durante 55 anos reinou em Jerusalém. Ele era filho de Ezequias, um dos melhores reis que Judá teve. Infelizmente, Manassés não seguiu o bom exemplo de seu pai. Ao contrário, tornou-se mais ímpio do que todos os seus antecessores. Restabeleceu o paganismo e a idolatria, deixou florescer a tirania e “derramou muitíssimo sangue inocente, até encher Jerusalém de um ao outro extremo” (2Rs 21:16). Até mesmo “queimou seus filhos como oferta no vale do filho de Hinom, adivinhava pelas nuvens, era agoureiro, praticava feitiçarias, tratava com necromantes e feiticeiros e prosseguiu em fazer o que era mau perante o Senhor (2Cr 33:6).

Mas embora tivesse voltado as costas para as coisas divinas, Deus não o abandonou. Enviou-lhe um mensageiro após o outro para convencê-lo de suas culpas e convidá-lo ao arrependimentol. Mas parece que, quanto mais ele era advertido, mais mergulhava no pecado.

Porém, a maior culpa de Manassés é que ele não pecou sozinho. Ao se afastar de Deus ele carregou toda a nação de Judá junto com ele. Isto faz lembrar o que aconteceu quando Charles II foi restaurado ao trono da Inglaterra. O palácio real se transformou num prostíbulo. Charles vivia abertamente em adultério e a podridão do trono levou à podridão do reino. Foi o que aconteceu com Manassés.

É uma grande verdade que ninguém peca sozinho. Talvez nossa influência não seja tão grande quanto à de Manassés, mas, por mais obscura que seja nossa vida, ela influenciará outros, em maior ou menor escala. A verdade é que, ao cometermos um ato, não podemos controlar seus efeitos.

Finalmente chegou o momento de Manassés pagar por seus pecados. Deus permitiu que ele fosse capturado por soldados assírios, os quais “o amarraram com cadeias, e o levaram a Babilônia” (2Cr 33:11), sua capital temporária.

O castigo pode demorar, mas virá. E causa reações opostas em diferentes tipos de caráter. Alguns se tornam ainda mais rebeldes. Outros se arrependem.

Então, reconheceu Manassés que o Senhor era Deus. 2 Crônicas 33:13

O sofrimento fez Manassés pensar. É um grande dia este em que Deus consegue nos fazer pensar. Ele deve ter se lembrado de seu piedoso pai. E lembrou-se também do Deus de seu pai. Sua experiência mostra como é difícil para um filho escapar da influência salvadora de um verdadeiro pai ou de uma boa mãe.

Manassés refletiu profundamente, arrependeu-se e caiu de joelhos. “Ele, angustiado, suplicou deveras ao Senhor, seu Deus, e muito se humilhou perante o Deus de seus pais” (2Cr 33:12). E Deus o perdoou. E não apenas o perdoou, mas tornou a trazê-lo a Jerusalém, ao seu reino. O que havia sido cativo em uma terra estranha, voltou a usar a coroa. E durante todo o restante de sua vida ele foi um devoto seguidor do seu Deus. Sua conversão foi genuína e duradoura. Procurou desfazer os males que havia cometido anteriormente. Destruiu os altares que havia erigido aos falsos deuses. Tentou fazer com que o povo retornasse à verdadeira religião. E qual foi o resultado?

“Mas este arrependimento, notável embora, veio demasiado tarde para salvar o reino da influência corruptora de anos de prática idolátrica. Muitos haviam tropeçado e caído, não se levantando mais. Entre aqueles cuja experiência da vida tinha sido influenciada além da possibilidade de recuperação pela fatal apostaria de Manassés, estava seu próprio filho” (Profetas e Reis, p. 383).

Manassés fez uma constatação terrível: descobriu que havia sido mais fácil levar o povo à apostasia do que trazê-lo de volta às antigas veredas. Sentiu-se impotente para reerguer a nação, arruinada espiritualmente por sua culpa. Não foi sequer capaz de salvar o próprio filho, o qual se tornou idólatra até o fim de sua vida.

O arrependimento nos conduz à salvação. Mas há uma coisa que o arrependimento não faz: ele não nos salva das consequências temporais de nosso pecado. Podemos sair para o mundo e semear joio durante cinquenta anos. Se nos arrependermos, Deus nos perdoará. Mas há uma coisa que Deus não poderá fazer: transformar em trigo o joio que semeamos. Podemos lamentar profundamente nossa semeadura. Mas a respectiva colheita será obrigatória.

Manassés foi salvo apesar de ter levado à perdição homens e mulheres, devido a sua influência pecaminosa que não pôde ser revertida.

Que tipo de influência você está exercendo sobre os outros? Pense Nisso!!!

Meditações Diárias de Rubem Scheffel


Ele Virá!!

A Igreja Adventista do Sétimo Dia vem pregando por todos esses anos sobre a Volta de Jesus. Já se passaram várias gerações desde aquele desapontamento de 1844, e pode - se perceber ao longo da história que sempre existiu aqueles que perseveraram na promessa do advento e aqueles que simplesmente desistem no meio do caminho. Não me refiro apenas àqueles que deixam a fé para seguir os largos caminhos do mundo, mas também dos que permanecem na igreja participando de suas atividades, porém, sem viver o primeiro amor.
Deus nos pede que não andemos na mornidão e por isso nos deixou sinais, para que estivéssemos sempre alertas e vigiando em oração. Todo o dia, é visto em noticiários sobre fome, doenças, catástrofes, injustiças, crueldade, corrupção, guerras, intrigas, inimizades, inveja, etc. Enquanto na Bíblia diz que “Assim também vós: quando virdes todas essas coisas, sabeis que está próximo, as portas.” (Mat. 24:33), tudo isso se tornou “normal”, não sendo mais impactante, demonstrando a triste situação laodiceana que nos encontramos.
O Senhor tem constantemente apelado ao coração de Seus filhos através do Espírito Santo, “Eis que estou a porta e bato...”, porque quer que todos cheguem ao arrependimento e vivam eternamente com Ele. O momento de buscar a Deus é hoje, enquanto se pode achá-Lo, em Apocalipse 10:6; 22:12 e 1:3 está escrito: “... Já não haverá demora... E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada segundo as suas obras... Bem-Aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo, ou seja, não há mais tempo para se negligenciar o estudo da Palavra de Deus, a oração e a pregação do evangelho, nascemos para ser missionários.
Que possamos atender ao conselho do apóstolo Paulo em Romanos 13:11,12: “Façam isso, compreendendo o tempo em que vivemos. Chegou a hora de vocês despertarem do sono, porque agora a nossa salvação está mais próxima do que quando cremos. A noite está quase acabando; o dia logo vem. Portanto, deixemos de lado as obras das trevas e revistamo-nos da armadura da luz.”
Jesus nos prometeu que voltará e podemos ler esta promessa na Sua Palavra em João 14:3 “... VOLTAREI e vos receberei para Mim mesmo, para que, onde Eu estou estejais vós também.” e com certeza Ele vai cumprir. Nesse grande dia novamente haverá dois tipos de pessoas, aquelas que ouvirão a voz de Deus dizer: Nunca vos conheci. Apartai – vos de Mim, os que praticais a iniqüidade.” (Mat. 7:23) e as que ouvirão o Senhor dizer: Vinde, benditos de Meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo”. (Mat. 25:34)
O que você ouvirá nesse grande dia?
PREPARE - SE!! Ora vem Senhor Jesus!!
Por Tânia Ferro

A História da Criação

No Princípio Deus criou os céus e a terra...


a terra era vazia e sem forma definida. O Espírito de Deus estava em cima das águas.


1º Dia


Disse Deus: "Haja luz". E a luz apareceu... e foi a tarde e manhã e o 1º Dia


2º Dia

Disse Deus: "Que as águas se separem para formar a expansão do céu em cima e os oceanos embaixo..... e foi a tarde e manhã e o 2º Dia


E disse Deus: "Que as águas que estão embaixo do céu se juntem e formem os oceanos, de modo que apareça a parte seca". E foi assim. Deus deu o nome de "terra" à parte seca e de "mares" às águas.


3º Dia

Deus ficou satisfeito, e disse: "Que a terra faça brotar toda espécie de ervas e de plantas que dão semente, e também árvores frutíferas que têm sementes nas frutas que elas dão. Isso para que as sementes façam nascer as espécies de plantas e de frutas que tinham produzido essas sementes....E foi a Tarde e Manhã e o 3º Dia.



4º Dia

Disse Deus: "Haja luzeiros na expansão do céu para iluminarem a terra e para fazerem diferença entre o dia e a noite. Eles servirão para dirigir as estações e para marcar os dias e anos...Deus fez dois enormes luzeiros para iluminarem a terra. O maior, que é o sol, para dirigir o dia, e o menor, que é a lua, é para dirigir a noite. Fez também as estrelas...E foi a tarde e manhã e o 4º Dia

Sol

Lua

Estrelas

5º Dia

Então disse Deus: "Que as águas fiquem cheias de peixes e de outras formas de vida, e que os céus fiquem cheios de aves de toda espécie". Assim Deus criou os grandes animais marinhos e toda espécie de peixes e de aves...E foi a tarde e manhã e o 5º Dia

Peixes

Pássaros

Animais Marinhos

6º Dia

Disse Deus: "Que a terra produza os animais que vivemnas selvas e nos campos, incluindo os répteis, e os animais domésticos.
Depois disse Deus: "Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Tenha ele domínio sobre os animais marinhos, sobre as aves, sobre os animais domésticos e sobre os répteis. Domine a terra toda!... E foi a tarde e manhã e o 6º Dia

Animais Selvagens

Animais Domésticos

Ser Humano - Homem

7º Dia

No 7º Dia Deus já havia concluído a obra que realizara, e nesse dia descansou. Abençoou Deus o sétimo dia e, santificou, porque nele descansou de toda obra que realizara na criação.


O Sábado é o dia que o nosso Deus separou para estarmos mais pertinhos ainda dEle...adorando-O e demonstrando todo nosso amor por Ele...reunidos em familia.


Meu Primeiro Selinho - Valeu minha amiga Cida Kuntze!!!!


Esse ano ganhei um maravilhoso presente: ser amiga da Cida mui querida...Temos trocado emails, recadinhos no blog e ela ainda me presenteou o meu primeiro selinho. Cida amiga mui amada, muito obrigada!!!! O blog da Cida é: http://compartilhandobencao.blogspot.com/ vale a pena visita-lo e segui-lo.

PS: Existem algumas regras para quem recebe o selinho.


1- Indicar mais 9 blogs para recebê-los.

2- Avisar aos blogs indicados.

3- A pessoa que recebe o selo sede falar 9 coisas sobre si.

O SELO DE QUALIDADE vai pros seguintes blogs:

1. Cida Kuntze http://compartilhandobencao.blogspot.com/

2. Jean R. Habkost http://literalmenteverdade.blogspot.com/

3. Fabiana Cardona http://bilacardona.blogspot.com/

4. Ellen Ramos http://ellenramosinsite.blogspot.com/

5. Diário da Profecia http://diariodaprofecia.blogspot.com/

6. Elvys Rodrigues http://elvysrodrigues.blogspot.com/

7. Mulheres em Destaque http://iasdmulheres.blogspot.com/

8. Cassi http://pensamentosdeviagem.blogspot.com/

9. Olavo Ferro http://laodiceiaigrejadofim.blogspot.com/


Sobre mim:

1- Tenho um profundo amor pelo meu Salvador - Jesus Cristo

2- Amo minha familia.

3- Gosto de fazer amizades e conservar pra vida toda;

4- Gosto de conversar com Deus...pense como Ele gosta de ouvir minha voz.

5- Gosto de conversar horas com meus filhos....e eles também

6- Gosto de ler.

7- Gosto de cantar.

8- Gosto muito da cevada com leite que meu maridão faz.

9- Como diz Cida.....Amo muito os meus sobrinhos, adoro conversar com eles.

Os meus amigos que não receberam ainda o selinho aguardem .....xerooooo no coração

Louvor ao Deus da Criação

No princípio, criou Deus os Céus e a Terra. Gênesis 1:1

A história da criação fascina os cristãos e desafia os descrentes. O próprio conceito de criação está além da compreensão humana. Quando pensamos em criação, automaticamente temos alguma matéria-prima em mente, mas Deus criou a partir do nada.

A própria ideia de um Deus que cria é uma boa notícia para Seus filhos. Se Deus pôde criar árvores, rios, montanhas, animais, aves e peixes – se Deus pôde criar um ser humano do nada, certamente pode criar soluções para todos os nossos desafios na vida.

Muitas vezes, procuramos resolver problemas por conta própria. Passamos noites sem dormir, jogando com os nossos fardos. Passamos dias longos e tristonhos, carregando desafios que não sabemos resolver.

Recorremos a pesquisas e inteligência humana. Tudo isso deixa a desejar, porque todas as ideias humanas têm limitações. Corremos em muitas direções, em busca de respostas. Vivemos uma vida estressante; alguns de nós entram em depressão e outros cometem até suicídio.

Por quê? Porque os desafios da vida podem ser mesmo esmagadores! Existe uma solução, e apenas uma, para todos os nossos fardos – o Deus da criação.

Hoje, pare e pense em quão poderoso é Deus. Se Deus o criou, bem como a tudo o que há no mundo a partir do nada, não acha que Ele pode criar soluções para os seus desafios?

Se Deus criou a mente humana, não acha que é Ele quem pode criar ideias para resolver seus problemas?

Se Deus criou seu coração, não pode Ele criar um remédio para consertá-lo, quando estiver partido?

Deus criou, e esse mesmo Deus está parado à porta do seu coração, hoje. Ele deseja criar em você um sorriso novo. Deseja criar em você uma nova maneira de pensar. Deseja criar em você um corpo novo.

Deseja criar em você a paz de espírito. Deseja criar em você a felicidade. Deseja criar em você uma alegria genuína. Deseja criar soluções para a sua vida.

Qual é o seu fardo hoje?

Qual é o seu desafio de hoje?

Quais são as suas perguntas de hoje?

Quais são, hoje, as suas necessidades?

Você tem um Deus que criou, e o mesmo Deus ainda é capaz de criar. Ele deseja criar em você uma nova pessoa, que esteja em contato com o Seu coração; que dependa da capacidade que Ele tem de criar.

Abra o coração e permita que Deus nele crie soluções.

Earlymay Chibende
TENHAM TODOS UM BOM DIA!!!!

Deus nunca falha - ACREDITE!!!


Mas o Senhor ainda está na cidade e sempre faz o que é certo e nunca o que é errado. Todas as manhãs, sem falta, Ele manda fazer o que é direito....Sofonias 3:5 NTLH

Algumas vezes,  jóias magníficas tem sido encontradas nos lugares mais inusitados. Uma linda flor pode brotar num brejo sombrio. Repentinamente, um exuberante arco-iris pode romper nuvens escuras ou uma paisagem deslumbrante sobressair numa estrada esquecida.

No Livro de Sofonias, num contexto pautado por admoestações e condenações contra um povo rebelde, perverso e desobediente, a afirmação de que Deus nunca falha ("Todas as manhãs sem falta...") brilha como uma estrela solitária numa noite particularmente escura.

Ele não falha!!!!! Quantas e quantas vezes, nos momentos mais difíceis da minha vida, Deus me provou que nunca falha! O seu poder não falha, assim como a Sua sabedoria e, especialmente o Seu amor.

O amor de Deus nunca vai   nos faltar, porque Ele é Amor.

Coração angustiado e cansado, ANIME-SE! Jamais esqueça que Ele não falha!!!

Escrito por jaime Kemp

Orando por Rafaela


Queridos Amigos, mais uma vez estou aqui pedindo a voces, orações por uma garotinha chamada Rafaela (nossa Rafinha), o quadro dela se complicou , não sabemos qual é a vontade do Pai Celestial. Os pais de Rafinha (Isabella e Rogério) estão precisando de forças do Alto para enfrentar essa provação. Eles estão sofrendo muito....e nos entristece ver amigos sofrerem.

Deus nos fez várias promessas de que ouviria nossas orações....então vamos colocar nossas vidas em dia para que Ele nos transforme....e nos escute.


II Crônicas 7: 14 - 16 Ele diz:

14 - se o meu povo se humilhar e orar, e Me procurar, e se arrepender e mudar sua maneira errada de viver, Eu ouvirei do céu as orações do povo, perdoarei os seus pecados, e curarei a terra deles.

15 - Estarei com os olhos e ouvidos abertos para atender todas as orações que forem feitas neste lugar.

16 - Pois escolhi este templo (meu e o seu coração), e fiz dele um lugar santo, a fim de ser a minha casa para sempre, meus olhos e meu coração estarão sempre aqui.

Desde já fica aqui meus agradecimentos por todos que orarem. OBRIGADA!!!!!!!

Ensinando o Caminho Certo

Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele. Provérbios 22: 6

Se verdadeiramente quisermos que este versículo seja uma realidade na vida de nossos filhos, cabe a nós, pais e mães, em obediência a Palavra de Deus, evangelizar e discipular nossos filhos. Precisamos além de levá-los a Jesus, ensiná-los a crescer na intimidade e comunhão com Deus. Ensinar a criança no caminho em que deve andar é muito mais do que levá-la a igreja, é muito mais do que ensiná-la a ser religiosa, é muito mais que ensiná-la a orar na hora das refeições, ao acordar e ao dormir, é muito mais que proibí-la de assistir um desenho da Disney, é muito mais que ler a Bíblia só no dia em que dá tempo, é muito mais do que cursá-la em um colégio cristão, é muito mais que delegar a professora da Escola Sabatina o que Deus nos delegou como pais.

Ensinar a criança no caminho em que deve andar é viver a vida de Cristo a cada momento de nossa vida, é exalar o bom perfume de Cristo em nossos lares, para que nossos filhos vejam Cristo e o seu amor através de nós.

Ensinar a criança no caminho em que deve andar é levá-la a amar a Jesus de todo o seu coração e sua alma, é ensiná-la a ter comunhão íntima com Jesus, ensiná-la a ter desejo de orar, falar com Deus, é ensiná-la a ter fome da Palavra e se alimentar diariamente.

Ensinar a criança no caminho em que deve andar é colocar a Palavra de Deus no coração e na alma de nossos filhos, estando sempre a frente dos seus olhos. É ensinar a tempo e fora de tempo, é almoçando na mesa, brincando no chão, tomando banho, fazendo jantar, comendo juntos. Andando no caminho da padaria, da escola, do shopping, do parque. É ensinando na hora de deitar, na hora de se levantar para a escola (Deuteron.. 11:18 a 21) e quando for velho não se desviará deste caminho, pois as promessas de Deus são verdadeiras, não mudam e não falham.

Sendo assim porque tantos jovens que foram "criados em lares evangélicos" e foram "criados na igreja" estão hoje longe de Deus? Ou mesmo não querendo nada com Deus. Quem falhou ? Deus ou nós os pais?

Hoje é o tempo urgente para vivermos essa promessa de Deus em nossos lares, pois como pais desta geração precisamos também com urgência obedecer e viver a Palavra de Deus em Deuteronômio 11 e Salmos 78.

Homens do deserto e da cidade

O menino crescia e se fortalecia em espírito. E viveu nos desertos até ao dia em que havia de manifestar-se a Israel. Lucas 1:80

João Batista nasceu em uma cidade da Judeia quando seus pais, Zacarias e Isabel, já eram avançados em idade (Lc 1:7, 39, 40). Eles provavelmente morreram quando João ainda era jovem, e ele então decidiu viver na região desértica próxima. Voltando as costas à solidão barulhenta da cidade, ele mergulhou na silenciosa solidão do deserto para ouvir a voz de Deus.

O deserto foi a grande escola para treinar líderes como Moisés, Amós e João Batista. A vida moderna não favorece a meditação na Palavra de Deus e, a menos que encontremos tempo para escapar da agitação do mundo, não ouviremos a suave voz de Deus nos falando ao coração.

Jesus, porém, era um homem da cidade. Nasceu e Se criou na cidade, trabalhou na cidade e amava o povo da cidade. As Escrituras dizem que “vendo Ele as multidões, compadeceu-Se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor” (Mt 9:36).

As pessoas do deserto e as da cidade podem viver em mundos diferentes, mas se estiverem sedentas pelas coisas de Deus, terão algo em comum. E essa era a característica, tanto de João como de Jesus. A paixão pelo reino de Deus os uniu num mesmo ministério. “Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus”, clamava João Batista no deserto (Mt 3:2). “Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus”, pregava Jesus nas cidades da Galileia (Mt 4:17).

“Raça de víboras”, bradava João aos fariseus e saduceus que vinham para serem batizados (Mt 3:7). “Serpentes, raça de víboras!” (Mt 23:33), ecoava Jesus na cidade. Os dois homens nunca trabalharam lado a lado, mas, na verdade, estavam trabalhando juntos o tempo todo. Sua identificação havia sido tão grande, que após a morte de João Batista, muitos, inclusive Herodes, acreditavam que Jesus era João Batista ressuscitado dos mortos (Mt 14:2; 16:14).

Isso indica que Deus pode usar tanto as pessoas do deserto como as da cidade, para pregar Sua Palavra. Alguns serão ganhos pela mensagem austera do deserto. Outros serão ganhos por pregadores da cidade, que comem e bebem com os pecadores.

O reino de Deus precisa de ambos.

Meditações Diárias - Rubem Scheffel

Um Plano - Planejando Seu Futuro



Se você tivesse que eleger a porção de sua vida que, se melhorada, mais impacto teria sobre as outras todas, qual seria? Praticar uma atividade física, ter tempo para ler, estudar mais, ter mais amigos, estabilidade afetiva, relação com pais ou filhos...? Para a grande maioria dos habitantes deste mundo – eu incluído -, contudo, arrisco dizer que a melhor resposta seria oração.

Nós, que cremos, temos, em geral, uma relação ambígua com a oração. Sabemos que é um elemento importante, mas não nos preocupamos em efetivamente melhorá-lo. Se quisermos um abdômen definido, precisamos fazer abdominais e, se quisermos passar em um concurso, precisamos rachar em cima dos livros, mas não nos aplicamos em de fato melhorar nossa vida de oração. Não temos um plano para isso.

Alguns são criados com o costume de orar antes das refeições e antes de dormir, além das orações coletivas nos cultos da igreja, mas a qualidade de todos esses momentos é pífia. São formalidades, atitudes automáticas, palavras repetidas em fórmulas vazias. Essa dinâmica só é quebrada em momentos especiais, pequenas exceções à regra insípida do mero formalismo.

Paulo sugere que coloquemos o tema na ordem do dia. "Orai sem cessar”, diz ele (1Ts 5:17), "com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos" (Ef 6:18). Ele nos desafia a lutar para inverter a lógica da oração como exceção. Orai sem cessar. E, para isso, diz que devemos vigiar e perseverar, porque não há nada que Satanás odeie mais do que pessoas que oram, portanto, vai fazer de tudo para atrapalhar; vai roubar nosso tempo, nos distrair, nos encher de sono, nos fazer sentir que não há ninguém ouvindo ali do outro lado, nos fazer sentir indignos de falar com Deus.

Vigiar implica em estar alerta, em começar orando para que Deus o ajude a orar. Perseverar implica em não ter medo de tornar aos mesmos temas repetidas vezes, não desanimar se o horário separado para a oração simplesmente parece não funcionar.

Você pode aspirar a muita coisa na vida, mas pouca coisa é digna disso, amigo. E ter uma vida de oração é uma dessas coisas. Sonhe com isso. Acalente isso. E então, levante-se para buscá-lo. Comece separando um lugar e um horário. No trânsito, quando o semáforo fecha? Ao acordar? Na caminhada para o trabalho?

Encontre seu espaço. Não deixe que nada seja mais importante do que isso. Estabeleça seu momento de oração como prioridade absoluta. Ore a Deus que o ajude a não ter a mente arrebatada por qualquer coisa no caminho. Eleja de antemão sobre o que e sobre quem orará. Pense nas diversas nuances e implicações desse pedido e as nomine todas quando estiver orando. Não se preocupe se no começo sua oração for muito curta, persevere.

Desse momento, tornado hábito, fluirá uma nova relação com Deus. Você se pegará orando fora desse horário também. Você se surpreenderá orando sem cessar. Você se reconhecerá numa relação de intimidade impensável com o Criador. E toda sua vida será impactada por essa relação.

A galinha e seus pintinhos

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis Eu reunir os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das asas, e vós não o quisestes! Mateus 23:37

Quando uma galinha chocou os seus ovos e teve uma linda ninhada de pintinhos listrados, Sharon ficou encantada.

Ela notou que a galinha passava apuros tentando fazer aqueles filhotes teimosos obedecer. Ela cacarejava para eles, trazia-os para debaixo de si para mantê-los aquecidos, mas logo surgiam suas cabecinhas espiando em todas as direções. Ela se acomodava novamente sobre eles, arrepiando-se toda, mas, num instante, os filhotes escapavam, achando que o mundo lá fora era mais interessante do que ficar protegidos embaixo das asas da mãe.

Os pintinhos tinham apenas alguns dias quando o Serviço de Meteorologia anunciou frio intenso. Ao entardecer as galinhas foram para os seus ninhos macios, no galinheiro. Mas os pintinhos curiosos não ficavam embaixo da mãe. Sharon foi para a cama pensando se a coitada da galinha não passaria a noite em claro, tentando proteger os 14 pequenos rebeldes.

Pela manhã a galinha cacarejava desesperadamente. Espalhados em volta dela estavam oito pintinhos congelados. Os outros seis estavam embaixo dela, aquecidos e salvos. Ela havia feito o que podia para protegê-los, mas alguns deles acharam que lá fora era melhor. E morreram congelados.

Jesus, o Bom Pastor, usou a analogia da galinha e seus pintinhos para ilustrar Seu amor e cuidado por Seu povo. Mas, com frequência, alguns de Seus filhos, atraídos por luzes ofuscantes, diversões e outros interesses, abandonam a segurança da família de Deus e se aventuram pelo mundo, até descobrirem que o seu amor pelas coisas espirituais se esfriou.

Então alguns dos seus irmãos se perguntam: “Terá sido falha nossa? E se lhes tivéssemos feito uma visita? Tirado suas dúvidas? Isso faria diferença?”

Quando alguém se perde pelos meandros do mundo, fazendo uso de seu livre-arbítrio, e atraído pelas seduções de Satanás, o inimigo aponta o dedo aos membros da igreja e acusa: “Foi culpa sua!”

Mas não podemos salvar a todos. Na verdade, não podemos salvar ninguém, nem mesmo nossos filhos (ver Ez 14:20). Jesus quis salvar Jerusalém e seus filhos, mas eles não quiseram. O seu sangue será sobre a cabeça deles.

Mas Cristo pode salvar totalmente os que, por Ele, se chegam a Deus (Hb 7:25).

Meditações Diárias - Rubem Scheffel

Casa sem forro

O que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, para que vós, igualmente, mantenhais comunhão conosco. 1 João 1:3

Jonas e Maria moravam em um pequeno sítio, na zona rural de Mara Rosa, Goiás. Eles possuíam um antigo rádio à pilha para ouvir notícias e músicas regionais. Certa vez, Jonas sintonizou casualmente a Rádio Universo de Curitiba, PR, que operava em ondas curtas. Naquele momento estava sendo irradiado o programa A Voz da Profecia. O casal gostou tanto da mensagem que resolveu ouvir diariamente o programa. Como não tinha relógio em casa, Jonas criou uma espécie de relógio de Sol para não perder aquele horário. Fincou no solo uma estaca de madeira ao lado da casa e marcou o lugar exato onde a sombra era projetada na hora do programa.

Mais tarde o casal relatou: “Quando a sombra batia no lugar marcado, era só ligar o rádio e lá vinha o pastor Rabello com os trem bão de Deus para nós.” Com o tempo, Jonas e Maria resolveram se ajoelhar para ouvir as mensagens e dedicaram o rádio exclusivamente para A Voz da Profecia, que eles já consideravam sua igreja.

Alguns meses depois, os dirigentes do programa A Voz da Profecia anunciaram que o Quarteto Arautos do Rei faria uma série de palestras na cidade de Uruaçu, cerca de 60 km de onde Jonas e a esposa moravam. Como seus “compadres” residiam em Uruaçu, fizeram arranjos para se hospedar na casa deles durante as três semanas da série de conferências. O fato ocorreu em julho de 1972.

Nas duas primeiras noites os “compadres” acompanharam Jonas e a esposa, mas depois resolveram não ir mais às reuniões. Jonas ficou inconformado, pois achava que seus amigos não poderiam deixar de ouvir temas tão importantes. Então combinou com a esposa uma estratégia: cada noite, após voltarem das conferências, Jonas e a esposa comentavam em voz alta tudo o que haviam ouvido na palestra. Como a casa não possuía forro, o outro casal ficava acordado até tarde, tendo de ouvir a conversa dos visitantes. Após uma semana, o “compadre” chamou o amigo e fez uma proposta: “A partir de amanhã, vamos acompanhar vocês às reuniões, mas por favor, não fiquem repetindo a palestra até tarde da noite, pois temos que levantar cedo!”

Esse era exatamente o propósito de Jonas e da esposa, e certamente o plano de Deus para alcançar ambos os casais. O resultado foi que as duas famílias entregaram a vida a Jesus e foram batizados, tornando-se fiéis membros da igreja adventista. (Narrado por Wilson de Almeida, integrante do quarteto Arautos do Rei, na ocasião.)

ESTUDO 5 - As Sete Igrejas: Sete Cartas de Jesus e Suas Mensagens Esquecidas

Assuntos deste estudo: As 7 cartas e as sete Igrejas do Apocalipse


A maioria dos livros do Novo Testamento são cartas que foram escritas pelos santos apóstolos a várias congregações, e que o cristianismo aceita como Palavra autorizada de Deus para nossa época. Mas existe algo que faz do Apocalipse um livro sagrado realmente singular. E a revelação de Jesus Cristo, expressa em cartas enviadas a sete igrejas situadas na Asia com instrução para elas e com mensagens proféticas aplicadas a sete períodos específicos da história da igreja.

Ao mesmo tempo contém mensagens universais que produzem a edificação espiritual do crente.

Graças a Deus porque neste estudo hoje temos a oportunidade de lê-las, estuda-las e ser abençoados com suas orientações. Mas lembremos que, além de penetrar em seu conteúdo, devemos obedecer a ele ( Apocalipse 1:3 ), e seremos bem-aventurados.

TRÊS MENSAGENS UNIVERSAIS

Há alguma coisa em comum nas cartas escritas às sete igrejas: escreve-se ao anjo ou mensageiro de cada uma delas. Em cada caso, o Senhor Jesus Se apresenta com uma identificação especial adequada às necessidades desse período da igreja. Por exemplo, ao escrever a Esmirna (era de perseguição e martírio), apresenta-Se como "o que esteve morto e tornou a viver" ( Apocalipse 2:8 ). Há um elogio que reflete as virtudes desse período (menos no caso de Laodicéia, devido a sua mornidão espiritual). Há uma reprovação destinada a ajudar a crescer em áreas débeis da igreja, com exceção do período de Esmirna (era das perseguições e martírio) e Filadélfia (era do reavivamento). Também se inclui uma admoestação e uma promessa. As promessas nós as veremos no estudo número 8.

1. Há três declarações de Jesus que aparecem em Sua mensagem a todas as igrejas e que têm relevante importância para os cristãos de todas as eras. Quais são essas três mensagens universais?

a. "Conheço as tuas ______________ ..." ( Apocalipse 2:2, 9,13,19; 3:1, 8, 15 ).

b. "Ao ______________________ ..." ( Apocalipse 2:7,11,17, 26; 3:5,12, 21 ).

c. Quem tem ouvidos, ouça o que o _______________ às igrejas ..." ( Apocalipse 2:7, 11,17, 29; 3:6, 13.22 ).

Nota: Dessas três declarações, surgem nitidamente três mensagens de Deus para toda pessoa de nosso século: (1) Deus me conhece totalmente, não posso enganá-Lo. (2) É imperatiavo vencer; São Paulo nos dá a chave: "Tudo posso nAquele que me fortalece" ( Filipenses 4:13 ). (3) Devo obedecer à voz do Espírito Santo sempre.

ANALISANDO AS SETE IGREJAS

Veremos os pontos mais destacados da mensagem às sete igrejas, as quais estavam localizadas na província romana da Ásia, conhecida como Ásia Menor, na atual Turquia.

As sete igrejas são a primeira das séries de sete em Apocalipse (7 igrejas, 7 selos, 7 trombetas, etc.). A repetição abundante do número sete nos sugere um uso simbólico. O fato de que nessa região havia mais de sete igrejas, sugere a idéia de que foram escolhidas devido a suas características como símbolos proféticos, de sete períodos específicos da igreja cristã. O estudo da história confirma esta idéia.

ÉFESO: ERA DA PUREZA APOSTÓLICA

2. Quais seriam as características mais destacadas da igreja durante o período profético de Éfeso? Apocalipse 2:1-7.

a. Elogio: "Conheço as tuas obras, assim o teu ____________ ..." Apocalipse 2:2.
"...e que puseste à prova os que a si mesmos se ________________ e não o são, e os achaste _______________." Apocalipse 2:2.

b. Reprovação: "... que __________________." Apocalipse 2:4.

Nota: É a época dos apóstolos, durante o século 1. Foi um tempo de grande crescimento. O historiador Gibbons diz que os cristãos chegaram a ser nessa época uns 6.000.000. Os apóstolos deixaram bem claro, na Santa Bíblia, a doutrina pura de Cristo.

ESMIRNA: ERA DE PERSEGUIÇÃO E MARTÍRIO

3. Quais seriam as características mais notáveis da época da igreja simbolizada por Esmirna? Apocalipse 2:8-11.

a. Elogio: "Conheço a tua _________________, a tua ________________, mas tu és rico..." Apocalipse 2:9.

Nota: Representa a igreja desde o ano 100 a 313. Foi o período de horrendas perseguições do Império Romano contra os cristãos que foram queimados vivos, decapitados, entregues às feras no circo romano, etc. Para esses fiéis mártires o Senhor não tem reprovação. O período termina com o edito de tolerância de Milão, assinado por Constantino no ano 313.

PÉRGAMO: ERA DE COMPROMISSOS

4. Quais seriam os principais traços do cristianismo durante a época representada por Pérgamo? Apocalipse 2:12-17.

a. Elogio: "... conservas o Meu ___________________ e não negaste a Minha _________________..." ( Apocalipse 2:13 ).

b. Reprovação: "...e tens aí os que sustentam a __________ de ____________... sustentam a ___________ dos ___________ ... Portanto ______________ ..." Apocalipse 2:14-16.

Nota: Pérgamo cobre os séculos IV, V e a primeira metade do VI. Como Satanás não póde destruir a igreja com as perseguições, tratou de corrompê-la e colocá-la em compromisso com o Estado, introduzindo na igreja pagãos não-convertidos e que conservaram parte de suas idéias. Esse paganismo introduzido na igreja, foi tirando sua força espiritual.

TIATIRA: ERA DE APOSTASIA

5. Quais seriam os pontos principais da mensagem à época representada por Tiatira? Apocalipse 2:18-29.

a. Elogio: "Conheço as tuas obras, o teu ____________, a tua ___________o teu ____________e a tua __________..." ( Apocalipse 2:19 ).

b. Reprovação: "... que essa mulher, _______________, ... não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a e a _______________ comerem coisas sacrificadas aos ______________ ." ( Apocalipse 2:20 ).

Nota: Tiatira representa o período que vai desde o século VI ao XV - é a Idade Média. Jezabel, filha de um rei sidônio, adoradora de Baal, a qual introduziu a idolatria e corrupção religiosa em Israel, é aqui o símbolo da apostasia e corrupção religiosa aberta. A igreja se paganizara.

6. Que palavras indicam que ainda ficava um pequeno remanescente? Apocalipse 2:24.

"... os demais de Tiatira, a tantos quantos _____________________ ..."

SARDES: ERA DA REFORMA

7. Quais seriam as características mais destacadas da igreja durante o período representado por Sardes? Apocalipse 3:1-6.

a. Reprovação: "... Conheço as tuas obras, que tens nome de que _______________ e estás ___________." Apocalipse 3:1.

b. Elogio: "... Umas poucas ____________ que não contaminaram as suas vestiduras..." Apocalipse 3:4.

Nota: Sardes corresponde à igreja no século XVII e primeira parte do século XVIII, quando a verdade bíblica começou a abrir caminho por meio da pregação dos reformadores. Apocalipse 3:2 profetiza a tragédia vivida pelas igrejas que, após a morte de seus fundadores, deixaram morrer parte das verdades descobertas e pregadas pelos reformadores.

FILADÉLFIA: ERA DO REAVIVAMENTO

8. Quais são os traços preeminentes do período da igreja profetizado por Filadélfia? Apocalipse 3:7-13.

a. Elogio: "... que tens pouca força, entretanto ________________e _______________." Apocalipse 3:8.

Nota: Filadélfia, que quer dizer amor fraternal, representa a última parte do século XVIII e a primeira do século XIX, com o nascimento da expansão missionária e a organização das Sociedades Bíblicas. Começa a estudar-se Daniel e Apocalipse e surgem os maiores reavivamentos da História.

LAODICÉIA: A ERA PRESENTE

9. Quais são as características profetizadas para nosso tempo, representado por Laodicéia? Apocalipse 3:14-22.

a. Elogio: Não há.

b. Repreensão: ... nem és _____________ nem _____________ ... porque és morno, estou a ponto de _______________ da _____________ ." Apocalipse 3:15, 16.

c. Conselho: "Aconselho-te que de Mim compres ________ e vestiduras __________... e ___________ para ungires os teus olhos..." Apocalipse 3:18.

10. Qual é a conduta que deveria seguir a orgulhosa e auto-suficiente Laodicéia? Apocalipse 3:19.

"Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sé, pois, zeloso e _________________ ."

Nota: Apesar da triste condição de auto-suficiéncia e miséria espiritual de Laodicéia, Deus continua a amá-la; não tolera seus erros, mas lhe dirige os conselhos mais comovedores e inclusive faz o mais terno oferecimento: entrar em comunhão íntima, se Lhe abrirmos o coração. Apocalipse 3:20.

MINHA DECISÃO - Vendo o imenso amor de Deus por Seus filhos e Sua admoestação, decido aceitar o conselho de Jesus. Arrependido do pecado, peço-Lhe o ouro das verdades celestiais, as vestiduras brancas de Sua justiça e o colírio do discernimento do Espírito Santo para compreender Sua Palavra. Senhor, entra em meu coração e dá-me o novo nascimento que prometeste a Teus filhos.


Blogger Templates